2016-07-03

Postagens

Tecnologia do Blogger.




SARGENTO DA PM É MORTO COM TIRO PELAS COSTAS, DADO POR ASSALTANTES COVARDES

Mesmo reformado o Sargento reagiu e impediu um roubo a residência enfrentando 4 bandidos, e foi morto em Várzea Grande



                                                                                                                                                  

PUBLICIDADE



                                                                                                                                                            
OS FATOS


"MORREU COMO UM HERÓI, ENFRENTANDO BANDIDOS E VENCIDO POR UM ATO COVARDE"



 Na noite desta sexta feira 8 de Julho, uma tentativa de assalto ocorreu no bairro Nova Várzea Grande, em Várzea Grande foi marcada pela morte de mais uma pessoa de bem, que sempre defendeu a sociedade contra os criminosos.

Foto: R.S.W.A./F.A.
Era por volta das 20:45, quando 2 criminosos chegaram em uma motocicleta Honda Fan de cor preta placa CAG-0984 e outros dois em um caminhão f-4000 de cor vermelha de placas GKO-0934, co  o qual pretendiam carregarem a carga roubada , fazendo uma verdadeira mudança.

A ousadia dos criminosos foi repelida pela presença de dois Sargentos da polícia que estavam na casa. O Sargento reformado ( assemelha-se a aposentado, em serviços privados), trocou tiros com os bandidos porém foi alvejado pelas costas. 


 Os criminosos fugiram do local e o Sargento Valdomiro Guilherme da Silva, foi socorrido com ferimentos ao Pronto Socorro de Várzea Grande por uma equipe do SAMU.  O policial, durante o atendimento médico, teve parada cardíaca e foi a óbito.


Policiais militares, e Guarda Municipal foram acionadas e realizaram diligências em busca dos criminosos. 


Dois indivíduos se depararam com a Guarda Municipal, disparando contra os Guardas, abandonando a moto e empreendendo fuga. Policiais Militares do 4º Batalhão, que também estavam na busca pelos marginais, deram apoio e conseguiram prender um dos ocupantes da moto, identificado como Paulo Henrique Guimarães Bandeira, 18 anos (Vulgo Bochecha). Os policiais ainda conseguiram realizar a prisão de outros dois comparsas que estavam no caminhão F-4000, identificados posteriormente como Adolescentes Infratores R.M.F.O de 17 anos e D.M.S.A. de 16. 

Foto: R.S.W.A./F.A.

Os Guardas Municipais continuavam em buscas pelo segundo ocupante da moto que fugiu da abordagem, atiraram contra a viatura. 

 O trabalho teve êxito e o quarto suspeito  foi preso identificado como Eduardo Assunção Castro, 20 anos. O bandido apresentava um corte na cabeça, que adquiriu ao tentar pular o muro de uma loja de eletrodomésticos.

Foto: R.S.W.A./F.A.

Durante entrevista, os mesmos informaram onde estava a arma, sendo localizado o Revolver utilizado no crime.



 Foi realizada a apreensão dos adolescentes infratores e a prisão dos maiores, sendo que com ele foram apreendidos um revolver calibre 32 com duas munições picotadas, R$ 255,00 celulares.





As munições picotadas demostram que eles ainda tentaram disparar mais vezes contra os Agentes de Segurança, da Guarda Municipal, fato este que não se concretizou, devido a munição ter falhado, evitando assim que algo mais grave pudesse ter ocorrido com os GCMs.

Foto: R.S.W.A./F.A.

Todos foram conduzidos para apresentação a autoridade policial, onde outras providências foram tomadas.







             
FINAL DE SEMANA AGITADO EM MIRASSOL D´OESTE 
COM O 3º ROCK´N ROÇA



Acontecerá neste sábado a partir das 22:00 hs em Mirassol D´oeste para aqueles que curtem o Rock em suas mais variadas formas, e o que importa mesmo é a boa diversão e a valorização dos talentos que buscam seu espaço, no mundo da música.
 Foto: divulgação do evento (  site cidadão cultural)


O Mormaço Severino também
estará presente no 3º ROCK´N ROÇA
Haverá apresentação de várias bandas, sendo que Duas bandas de Mirassol, Froid’s e a Two Times; uma banda de São José dos Quatro Marcos, a Alta Voltagem; de Cáceres, O Mormaço Severino; de Cuiabá, Cinema de Pedra, fazem a festa na terceira edição do Rock’n Roça de Mirassol d’Oeste, que acontece no dia 9 de julho, a partir das 10 da noite, e no dia 10 a partir das 9 da noite, na Chácara do Escondido.
Os organizadores Carlos e o Ricardo Bigatini, esperam que mais uma vez o evento seja um sucesso, conforme ocorreu nos anos anteriores, em que o aumento do público ocorreu, de forma surpreendente. Desta mesma forma esperam que este ano seja bem melhor que os anteriores, dando prova que os novos talentos precisam de espaço cultural em nossa Região. 


COMPAREÇA E FAÇA PARTE DESTA FESTA











Pesquisas mostram avanço de suicídio entre policiais brasileiros


Fonte BBC-BRASIL
Pesquisas acadêmicas apresentadas no 9º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Rio, jogaram luz sobre um tema ignorado nas estatísticas oficiais de violência: o suicídio de policiais militares, civis e federais brasileiros.
Getty
Encarregados de salvar e proteger cidadãos, policiais pensam na própria morte como saída para uma rotina marcada pelo alto estresse, pelo risco, pelo afastamento da família e pela convivência com o lado mais sombrio da vida – crime, tráfico, pedofilia e perdas constantes dos companheiros de trabalho.
Uma das pesquisas, realizada pelo Laboratório de Análise da Violência da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), entrevistou 224 policiais militares do Rio de Janeiro. Deles, 22, ou seja, 10%, declararam ter tentado suicídio. Pelo menos 50 disseram ter pensado em suicídio em algum momento da vida.
Todos foram voluntários a participar da pesquisa.

A pesquisa Suicídio e Risco Ocupacional na PM do Rio de Janeiro começou em 2011, como atividade de pós-doutorado da professora Dayse Miranda. Os números finais estão no prelo e foram repassados com exclusividade à BBC Brasil.
Junto com os resultados, numa iniciativa inédita no país, será lançado este ano oGuia de Prevenção de Suicídio da Polícia Militar do RJ, com dados e sugestões de como abordar o problema, tanto como questão de saúde individual como com ações institucionais.
“Quando começamos a pesquisar, só conseguimos autorização do comando da PM porque havia certeza de que o problema não existia. Agora estamos trabalhando em parceria com o comando e temos todo apoio”, relata Dayse Miranda, que coordenou a pesquisa.
Da parceria com a PM surgiu o GEPeSP (Grupo de Estudos e Pesquisas em Suicídio e Prevenção), que reúne pesquisadores da Uerj e da polícia. A professora coordena também um trabalho sobre suicídio em todas as PMs brasileiras, sob encomenda do Ministério da Justiça.
André Telles / Divulgação / FBSP

O tema do suicídio na PM já havia aparecido num outro levantamento do LAV, sobre letalidade da ação policial. Uma única pergunta tratava de suicídio, e 7% dos entrevistados disseram ter pensado em se matar.
Os dados chegaram a ser apresentados em maio numa audiência pública na Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro). No painel realizado no Fórum de Segurança pública foi possível aprofundar o debate e ver que o problema não é só da PM do Rio.

Mais dados

Outra pesquisa feita com policiais fluminenses, intitulada Saúde Mental dos Agentes de Segurança Pública, foi apresentada por Patricia Constantino, do Claves (Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli), da Fundação Oswaldo Cruz.
A equipe do Claves ouviu 1.58 policiais civis de 38 unidades, e 1.108 PMs de 17 batalhões. Patrícia participou de todas as entrevistas e assina o livro resultante da pesquisa, junto com Maria Cecília Minayo e Edinilsa Ramos de Souza.
"Os policiais relatam profundo sofrimento psíquico, tristeza, tremores, sentimento de inutilidade. Muitos confessam que usam drogas lícitas e às vezes ilícitas. Os policiais se sentem constrangidos em admitir isso. Muitas vezes o médico que o atende é de patente superior, então ele não vê ali o médico, vê o oficial", conta a pesquisadora.
Segundo ela, os dados indicam que a taxa de suicídio entre PMs é 3,65 vezes a da população masculina e 7,2 vezes a da população em geral. A taxa de sofrimento psíquico revelada pela pesquisa do Claves, que se transformou em livro, foi de 33,6% na PM e 20,3% na Polícia Civil.
André Telles/Divulgação/FBSP


Outro problema apontado por todos os pesquisadores é a falta de estatísticas confiáveis. Muitos registros de suicídio não são informados pelas corporações. E muitos casos registrados como mortes de policiais em acidentes são, na verdade, suicídios disfarçados.
Em muitos Estados brasileiros, as famílias dos policiais perdem direitos caso a morte seja por suicídio.
O major Antônio Basílio Honorato, psicólogo da PM da Bahia, relatou a dificuldade de tratar do tema com a tropa. Segundo ele, a média em seu Estado tem sido de cinco casos anuais de suicídios de policiais militares. “Pode parecer um número baixo, mas sabemos que está abaixo da realidade”, afirmou.

Isolamento

Diante da dificuldade de estatísticas, a delegada de Polícia Federal Tatiane Almeida, mestra em Sociologia pelo Instituto Universitário de Lisboa, concentrou-se nos relatos angustiados dos colegas para escrever a dissertação Quero morrer do meu próprio veneno, sobre o suicídio na PF.
Constatou, por exemplo, que as tentativas de suicídio são mais frequentes entre policiais que se aposentam.
“O policial fica isolado da sociedade. Não sabe ser pai, ser marido. Quando perde o distintivo, fica sem saber o que fazer. Outro ponto é que está na nossa formação suspeitar sempre do outro. O policial acha que todo mundo é ruim e ele é o herói. E não aceita ser visto como fraco”, disse a delegada.
Na plateia, vários policiais, fardados ou à paisana, acompanhavam o debate, que aconteceu na tarde de ontem (quarta-feira, 29). Alguns se arriscaram a falar.
Heder Martins, subtenente da PM de Minas Gerais e assessor parlamentar do deputado federal e policial Subtenente Gonzaga (PDT-MG), disse que, só este ano, houve 6 suicídios em sua corporação.
“Anteontem um colega tentou se matar dentro de uma delegacia. Ontem, outro se matou no interior. Tinha sete anos de serviço”, contou.
“No ano passado, dois colegas da PM se suicidaram no dia do meu aniversário, 24 de junho. Foi o pior dia da minha vida, porque fiquei pensando na minha vida profissional, no que valia ou não a pena fazer”, disse Edson Maia, subtenente da PM de Brasília.
Ele trabalha no setor de inteligência, mas é voluntário num serviço de prevenção ao suicídio.
Entre as estatísticas esparsas e o relato da angústia, o alerta dos pesquisadores é para que as polícias repensem, na formação e no treinamento dos policiais, o fortalecimento psíquico.
“O policial angustiado não faz mal só a ele e à sua família. O policial angustiado é pior para a sociedade, porque vai para a rua para extravasar esse sofrimento”, afirmou a delegada Tatiane Almeida.

'Policial não é máquina'

O chefe do Estado-Maior da PM do Rio, coronel Róbson Rodrigues, também apresentou nesta quinta-feira no Fórum de Segurança Pública, realizado na sede da Fundação Getúlio Vargas, dados sobre o sofrimento psíquico dos policiais e admitiu que essa é uma preocupação da corporação.
Diagnóstico realizado pela PM do Rio entre policiais de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) constatou que 70% deles relataram ter algum tipo de sofrimento psíquico, de depressão a dificuldades de relacionamento.
O problema é mais frequente, segundo o levantamento, justamente nas áreas mais conflagradas e com maior número de confrontos. Rodrigues destacou que os números são uma amostra e não se referem ao conjunto da PM.
Questionado especificamente sobre a pesquisa do suicídio, disse que o suicídio é uma realidade, além de um tabu, e que há uma preocupação em criar políticas de acompanhamento do policial que está em sofrimento psíquico e que pode vir a atentar contra a própria vida.
“Como gestor, a gente precisa construir programas e políticas institucionais em apoio a esses policiais que estão em sofrimento mental. A percepção de uma segurança pública militarizada, que levou a pensar o policial como uma máquina de guerra, também gerou problemas”, afirmou Rodrigues.









POLÍCIA MILITAR APREENDE COLETES BALÍSTICOS NA CASA DE HOMEM DENUNCIADO POR ASSALTOS

 Os policiais do 24 BPM procuravam pelo homem que andava armado na periferia de Cuiabá


Foto: PMMT/ ed F.A.



                                                                                                                                                                                                                         
PUBLICIDADE:

PRODUZIR, É A REPRESENTANTE OFICIAL DOS PRODUTOS REAL H, COM MAIS DE 30 ANOS DE EXPERIÊNCIA E QUALIDADE COMPROVADA PELO HOMEM DO CAMPO.



ATENDENDO PORTO ESPERIDIÃO-MT E TODA A REGIÃO DA FRONTEIRA


                                                                                                                                                                 
Foto: PMMT/ ed F.A.
A apuração da denúncia sobre a presença de um homem andando armado por ruas de bairros da região do Osmar Cabral, em Cuiabá, resultou em prisão e apreensão de dois coletes balísticos.

Na casa de Ronaldo Silva do Espírito Santo, 18, ”Ronaldinho”, no Jardim Presidente II, foram encontrados uma placa balísticas e dois coletes. A abordagem dele aconteceu minutos após sua saída de um consultório médico localizado na avenida principal do bairro Osmar Cabral.

Há quase dois dias uma equipe da Agência Local de Inteligência(ALI) do 24° Batalhão de Polícia Militar, sediado no Bairro São João Del Rey, seguia os passos do acusado por causa da denúncia sobre arma.

Em março deste ano, o juiz Lídio Modesto da Silva Filho, da 4ª Vara Criminal de Cuiabá, acolheu contra ele uma denúncia de roubo apresentada pelo Ministério Público, com base em inquérito da Delegacia de Roubos e Furtos.

“Ronaldinho” é apontado como autor, na companhia de outro homem, de um assalto contra um casal. Esse crime ocorreu em janeiro deste
A apuração da denúncia sobre a presença de um homem andando armado por ruas de bairros da região do Osmar Cabral, em Cuiabá, resultou em prisão e apreensão de dois coletes balísticos.

Na casa de Ronaldo Silva do Espírito Santo, 18, ”Ronaldinho”, no Jardim Presidente II, foram encontrados uma placa balísticas e dois coletes. A abordagem dele aconteceu minutos após sua saída de um consultório médico localizado na avenida principal do bairro Osmar Cabral.

Há quase dois dias uma equipe da Agência Local de Inteligência(ALI) do 24° Batalhão de Polícia Militar, sediado no Bairro São João Del Rey, seguia os passos do acusado por causa da denúncia sobre arma.

Em março deste ano, o juiz Lídio Modesto da Silva Filho, da 4ª Vara Criminal de Cuiabá, acolheu contra ele uma denúncia de roubo apresentada pelo Ministério Público, com base em inquérito da Delegacia de Roubos e Furtos.
“Ronaldinho” é apontado como autor, na companhia de outro homem, de um assalto contra um casal. Esse crime ocorreu em janeiro deste ano, na mesma regiãonde foi preso.  

 Ass Imprensa/Polícia Militar/MT
A PARTIR DA ZERO HORA DE 08/07/2016, 
ENTRA EM VIGOR A LEI DO FAROL   BAIXO ACESO, NAS RODOVIAS FEDERAIS E ESTADUAIS

 Se ligue nesta lei e seja mais visto, evitando acidente, que você  também será uma vítima.                                                               




CAMPANHA  PRF  QUE O FRONTEIRA ALERTA APOIA E COMPARTILHA



 Nova lei obriga uso dos faróis baixos durante o dia 

A partir desta sexta-feira (08) passa a vigorar a Lei 13.290, de 16 de maio de 2016, em todo o Brasil




Entra em vigor no próximo dia 08 de julho a Lei 13.290, de 23 de maio de 2016, que torna obrigatório o uso de farol baixo aceso durante o dia nas rodovias. A lei alterou dois artigos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB): os artigos 40, inciso I e o artigo 250, inciso I, alínea b. Nas duas situações, a nova redação acrescenta as palavras “nas rodovias”. Assim, a partir do dia 08 de julho, os condutores deverão acender os faróis baixos em todas as rodovias.

A nova norma também prevê a multa para o condutor que não seguir a recomendação da Lei 13.290. A infração é média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa no valor de R$ 85,13. Vale lembrar que em novembro, a infração média passará para o valor de R$ 130,16.

A obrigatoriedade não é uma novidade para o condutor, já que o CONTRAN, em 1998, emitiu a Resolução 18/98, que recomenda o uso dos faróis em luz baixa com as seguintes justificativas: O sistema de iluminação é elemento integrante da segurança ativa dos veículos; as cores e as formas dos veículos modernos contribuem para mascará-los no meio ambiente, dificultando a sua visualização a uma distância efetivamente segura para qualquer ação preventiva, mesmo em condições de boa luminosidade.

A norma é simples, mas tem gerado confusão em relação a qual luz o condutor deve deixar ligada. A nova lei diz farol baixo, diferente do farolete, farol de milha, farol de neblina e Daytime Running Light (DRL). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informa que enviou ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) um questionamento sobre a utilização do DRL, também conhecido como farol de rodagem diurna. Até manifestação formal e definitiva do Contran, a PRF aceitará a utilização do DRL em substituição ao farol baixo durante o dia.


Farol Baixo x Lanterna – Muitos condutores ainda têm dúvidas sobre a nova norma. O farol baixo não pode ser confundido com a lanterna ou luz de posição. A lanterna não substitui o farol baixo dentro da nova regra. O farol baixo é o mesmo utilizado durante a noite, destinado a iluminar a via diante do veículo, sem ocasionar ofuscamento ou incômodo injustificáveis aos condutores e outros usuários da via que venham em sentido contrário. O uso do farol baixo não é apenas para garantir que o motorista veja o que está à sua frente, mas também, para que seja visto por outros motoristas e pedestres.

O uso simultâneo do farol baixo e do farol de neblina não é considerado infração de trânsito. Contudo, a PRF informa que o uso apenas do farol de neblina durante o dia, sem o acionamento do farol baixo nas rodovias, deverá ser enquadrado no artigo 250, I, b, do CTB.


Fonte: PRF 



POLÍCIA CIVIL PRENDE PADRASTO QUE ESTUPRAVA
 ENTEADA EM BARRA DO GARÇAS-MT

Como na maioria dos casos, o perigo estava dentro de casa convivendo junto com a vítima.




                                                                                                                                                                   
PUBLICIDADE


O LABORATÓRIO SÃO FRANCISCO EM PORTO ESPERIDIÃO CUIDANDO DA SAÚDE DA POPULAÇÃO, COM PROFISSIONAIS ALTAMENTE CAPACITADOS










                                                                                                                                                                     

Um homem acusado de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão temporária cumprido, nesta quinta-feira (07.07), em Barra do Garças (509 km a Leste). O acusado, Gilberto Ribeiro da Silva, teve a ordem de prisão decretada acusado de estuprar a enteada, de 13 anos.

As investigações iniciaram no mês de maio quando a mãe da menor procurou a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Barra do Garças (DEDM) para denunciar o suspeito. A mãe da adolescente relatou que descobriu que o companheiro estuprava sua filha, após a menor contar para tia sobre os abusos.

Durante o acompanhamento psicossocial na DEDM, a adolescente relatou que os abusos aconteceram diversas vezes e que padrasto aproveitava os momentos em que a mãe dela saía de casa para assediá-la. Segundo a menor, os abusos iam de elogios relacionados ao corpo dela, beijos, carícias, chegando a conjunção carnal.

Com base nos indícios de autoria, o delegado Herodoto Souza Fontinele representou pelo mandado de prisão temporária contra o suspeito, decretado pela Justiça e cumprido nesta quinta-feira (07), pela equipe da DEDM. O suspeito foi localizado na casa da mãe, onde estava morando desde que foi denunciado pelo estupro da enteada.


Fonte: P.J.C./MT




VIATURA DA POLÍCIA CIVIL CAI EM PONTE 
DANIFICADA, E 4 POLICIAIS FICAM FERIDOS.


 Os policiais são novos na região e não conheciam a estrada, sendo lotados em Nova Bandeirantes recentemente, foram dar apoio em Operação em Apicás.


Foto: R.S.W.A./F.A.

Na madrugada desta quinta feira 7 de Julho, quatro Investigadores de Polícia Civil, lotados na Delegacia da cidade de Nova Bandeirantes, ficaram feridos, e segundo informações repassadas por policiais da área não houve gravidade.
 Os policiais seguiam atrás de um caminhão, tendo a visibilidade muito prejudicada devido a poeira, sendo que ao passar pela ponte o motorista não visualizou que a mesma estava danificada, e caiu com as rodas para cima.   Foi necessário cortar a lataria para a retirada das vítimas

A viatura estava na região realizando diligências, onde pelo fato de serem novos, desconheciam que havia uma ponte danificada, e que não estaria devidamente sinalizada.  


A viatura caiu junto com parte da estrutura, capotando, e causando danos materiais e ferimentos nas vítimas. 


A vítima mais grave seria uma Policial feminina que foi atendida no hospital municipal e precisou levar alguns pontos, más passa bem .

Os policiais que não tiveram seus nomes informados ainda, foram formados nesta ultima turma de policiais, e foram lotados na ultima segunda feira 4, a delegacia de Nova Bandeirantes.





QUADRILHA QUE TROCOU TIROS COM DEPUTADO É INVESTIGADA E, 10 ROUBOS 






Foto: Chegada dos criminosos ao local da tentativa do roubo
 (Imagem do Vídeo de Câmera de Segurança)
A quadrilha autuada em flagrante na tentativa de assalto ocorrida no bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, tendo como vítima um assessor e o deputado estadual, coronel PM, Pery Taborelli, é investigada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Polícia Judiciária Civil, em mais de dez roubos em residências e no latrocínio que culminou na morte do agente do Sistema Socioeducativo, Sidney Carlos da Silva Alves.

A prisão de quatro membros do grupo foi uma ação conjunta da Polícia Militar e a Polícia Civil, por meio da Derf, que já tinha a qualificação dos bandidos.O deputado estadual Taborelli e o assessor foram uma das últimas vítimas do grupo, que vinha cometendo uma série de assaltos em residências  localizadas em regiões nobres como os bairros Santa Rosa, Morada do Ouro, Boa Esperança e Jardim das Américas.
Foto: fuga de um dos bandidos após a tentativa do roubo
 (Imagem do Vídeo de Câmera de Segurança)
O deputado prestou depoimento, na manhã desta quinta-feira (07.07), a delegada Jannira  Laranjeira Siqueira Campos, na sede da Derf Cuiabá, e contou como acabou  impedindo a consumação do assalto, que ocorria na casa de seu assessor, no bairro Jardim das Américas, na noite da última terça-feira (05.07).

O bando composto pelos criminosos Willian Regis de Oliveira Santana, conhecido como “Esquisito”, Yuri Rodrigues de Arruda, 20, Humberto Paulo Oliveira Santana, e Elton Soares de Santos, 19, conhecido como "Xoxota", rondavam pelo bairro esperando a oportunidade de cometer mais um assalto, quando viu um veículo sendo estacionado em uma casa. Assim que o portão abriu, três dos bandidos armados renderam a vítima.
O deputado, que vinha em seu veículo logo atrás do assessor, ao parar o automóvel  percebeu a situação e reagiu ao assalto. Houve troca de tiros e o suspeito Elton Soares de Santos, foi atingido na região abdominal. Ele foi levado para o Pronto Socorro  de Várzea Grande e permanece preso sob vigilância policial.
Foto: fuga de um dos bandidos após a tentativa do roubo
 (Imagem do Vídeo de Câmera de Segurança)
No veículo, estavam o deputado, dois filhos e a namorada de um deles. O deputado informou que havia passado na casa do assessor para pegá-lo, pois todos iriam sair para jantar. Em seu depoimento,  Taborelli deixou consignado que acredita na possibilidade de ter sofrido um atentado, por não ter ouvido anúncio de assalto.

Foto: P.J.C./MT
A delegada Jannira Laranjeira, depois de ouvir os presos, analisar as imagens de câmeras de segurança para esclarecer as circunstâncias do assalto, disse que o roubo já estava em andamento quando o deputado chegou a casa.
Os quatro bandidos foram autuados em flagrante pelos crimes de tentativa de latrocínio e associação criminosa. Os acusados já foram reconhecidos pelas vítimas de sete roubos praticados em Cuiabá, inclusive pelo deputado  e o assessor.
“Identificamos que nessa ação, Humberto era o dono do veículo, Voyagem preto,  usado no crime. Ele emprestou o automóvel para Yuri, que foi reconhecido como um dos autores juntamente com Elton e Willian”, disse a delegada Jannira Laranjeira.

Roubos
Todos os suspeitos integram uma quadrilha composta por pelo menos oito bandidos altamente perigosos, que eram investigados pela Delegacia de Roubos e Furtos desde abril de 2016, quando a Polícia Civil registrou o roubo em uma residência, de onde um Sandero foi subtraído, no bairro Morada do Ouro.
 A vítima deste crime compareceu na delegacia e reconheceu os bandidos. O veículo foi recuperado no mês passado e nele a Polícia Civil encontrou o número do celular de um dos bandidos cadastrado no sistema Bluetooth do veículo, além de pertences do proprietário do carro.  

No dia 5 de maio, o bando roubou uma Honda CRV durante assalto em uma casa no bairro Santa Rosa. Em 24 de maio, os criminosos roubaram novamente uma residência no bairro Santa Rosa, depois foram para Campo Verde, no dia 14 de junho, e tentaram roubar uma caminhonete Amarock, mas a vítima reagiu disparando contra os suspeitos, impedindo a consumação do crime.

A quadrilha também é investigada no roubo ocorrido no dia 18 de junho, no bairro Sucuri, que teve como vítimas dois agentes prisionais, sendo um agente do sistema socioeducativo Sidney Carlos da Silva Alves, de 40 anos, que morreu após levar 12 tiros. Ele estava internado no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), e foi à obtido no último dia 27 de junho.

O mesmo grupo também é apontado no assalto à vereadora de Cuiabá, Lueci Ramos, que foi mantida refém no dia 28 de junho, durante roubo em uma residência no bairro Boa Esperança, e também no roubo a casa de um advogado no bairro Lixeira, em 21 de junho.
“Essas pessoas já eram investigadas pela Derf  e estão associadas para cometer  roubos em bairros nobres da capital. Em abril prendemos dois deles e a mulher de um. Todos foram identificados nesse grupo pela Polícia Civil”, finalizou a delegada Jannira Laranjeira. 

As investigações continuam até a prisão de todos os componentes da quadrilha.

 Texto: P.J.C./MT
Fotos F.A. reprodução  e P.J.C.


POLÍCIA CIVIL RECUPERA CAMINHÃO ROUBADO EM RONDONÓPOLIS

Uma dupla foi presa pela prática do crime sendo foguinho que teria rendido e amarrado a vítima e peixinho dirigiu o caminhão.




Foto: P.J.C./MT
A Polícia Judiciária Civil de Rondonópolis (212 km ao Sul) prendeu na segunda-feira (04) dois homens suspeitos de realizarem roubo a um caminhão no município. O veículo Iveco placa JZG-6719 foi recuperado no Distrito de Paraíso do Leste.

Foram autuados em flagrante por roubo M. R. S. T, 22 anos, conhecido como Peixinho, e J. C.R.S, 24, conhecido como Foguinho.

As informações recebidas pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF) apontaram que o caminhão levado pelos assaltantes havia seguido em direção à Poxoréu (251 km ao Sul). Denunciado por populares, o veículo foi localizado em estrada de terra nas proximidades do distrito de Paraíso do Leste.

Após deixar o caminhão estacionado, ao suspeitar de uma busca policial, os suspeitos empreenderam fuga. Em perseguição policial, os criminosos foram presos e acabaram confessando o crime.

Restou apurado que “Foguinho” rendeu com arma de fogo a vítima M.C.R, de 40 anos, na entrada da Fazenda Paulicéia, amarrando-a em seguida, “Peixinho” foi quem dirigiu o veículo até Paraíso do Leste, cobrando o valor de R$ 300.

 Fonte P.J.C./MT


PRF APREENDE QUASE 3 TONELADAS DE MACONHA, ARMAS E MUNIÇÕES NA VIA DUTRA 



 Um homem foi preso transportando cerca de duas toneladas de maconha, duas pistolas e 200 munições, na rodovia Presidente Dutra  no Rio de Janeiro


Foto: R.S.W.A./ F.A.
 A Polícia rodoviária federal abordou uma carreta carregada de farelo de soja, ondo motorista confessou que transportava maconha escondida em meio a carga. 

A apreensão foi possível graças a integração das Forças de Segurança,  onde Policiais da Delegacia  Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) de Mato Grosso do Sul, repassaram à PRF do Rio De Janeiro as informações da carreta com o carregamento de drogas que seguiria para o Rio.


Foto: R.S.W.A./ F.A.

Foi montada uma Blitz na Rodovia BR-116, conhecida também como Presidente Dutra, onde a carreta foi abordada.

Com o auxílio da equipe do Grupo de Operações com Cães Farejadores, a droga foi localizada. Uma cadela apontou o local, sendo que era tanta droga , que não deve ter dado o menor trabalho ao animal, que procurava pelo cheiro característico da maconha.


O motorista relatou que pegou a carreta em Mato Grosso do Sul e entregaria a carreta em um posto de combustível na Zona Note do rio, a um homem, que o mesmo não sabe quem é.

Por este transporte o mesmo receberia R$ 20 mil Reais.

Foram encontrados centenas de tabletes de maconha, que totalizou 2.870 kg de 
maconha, que provavelmente abasteceria o Estado do Rio, por um bom período, inclusive neste mês de jogos olímpicos, que se aproxima.


Dentro da carga ainda foram apreendidas uma pistola calibre 45 e outra calibre 380, além de 200 munições.

A entrada de drogas no Estado deve ficar mais difícil a partir do dia 20 deste mês, onde as forças de segurança receberão o apoio das Forças Armadas, com cerca de 23 mil homens que patrulharão as principais vias de acesso a Capital Fluminense,  e as vias expressas, que ligam pontos de realização de jogos e o aeroporto, famosas linhas amarela e vermelha.

Vias que ligam comunidades, onde o crime impera, e coloca toda a população em constante perigo, pelos crimes , como roubos, e arrastões que frequentemente ocorrem.

 Estas vias, consideradas artérias de ligação do Rio de Janeiro, são pontos de preocupação das autoridades,principalmente pelas mortes ocorridas recentemente. Nelas blitz são realizadas por bandidos fortemente armados, onde as pessoas dentro de seus veículos, têm seus aparelhos celulares revistados pelos criminosos, onde são verificado se são policiais, pelos criminosos, que realizam uma verdadeira caçada aos homens da lei. Aqueles que não são policiais são roubados, sob a mira de fuzis e outros armamento pesados utilizados em guerras, em outros países.

 O condutor foi encaminhado com a droga apreendida para a Polícia Federal onde outras providências foram tomadas.


FORÇA TÁTICA BATENDO FORTE E 
COLOCADO MANDA DOIS PRO XILINDRÓ

 A dupla formada por "dois", como diz a famosa frase mais que perfeita, onde não sobrou nenhum, pois um era procurado pela Justiça e o outro estava com uma trouxinha de drogas.


Foto: PMMT/ Ed F.A.

                                                                                                                                                                        
PUBLICIDADE



LADO A LADO COM O HOMEM DO CAMPO, NA LIDA DIÁRIA, OU NAS FESTAS DE PEÃO



                                                                                                                                                                   

O FATOS:

Foto: PMMT/ Ed F.A.
 Policiais Militares, da Força Tática de Cáceres, trabalhando pelas ruas da cidade e fazendo verdadeira faxinosa, pelos becos e buracos da sociedade, retira de circulação um indivíduo com Mandado de Prisão, e o outro companheiro, vai para a DP também para ser autuado por estar com uma trouxinha de pasta base no bolso da jaqueta. 
 O fato se deu no  na Avenida Tancredo Neves, quando os Policiais realizavam patrulhamento e avistaram uma bicicleta com dois indivíduos que trafegava sentido contrário a viatura. Os Suspeitos viraram de forma brusca em uma rua antes de cruzar com os policiais, 

Este fato aumentou a suspeita que algo poderia estar errado com a dupla, e foi realizado a abordagem, onde foi localizado uma porção de drogas ( pasta base) no bolso da jaqueta do Suspeito P.A.C.O. de 23 anos. O mesmo informou que havia comprado a droga, e que iria fazer uso da mesma, sendo que se considerou usuário de drogas.

 Já o outro Suspeito C.C.O foi  revistado e nada de ilícito foi encontrado em ser poder, porém ao checar seus dados junto ao sistema, foi encontrado um Mandado de Prisão em seu desfavor. 
 Ambos foram conduzidos para a 1ª DP de Cáceres onde outras providências serão tomadas.
COMUNIDADE AUXILIANDO PM NA RECUPERAÇÃO DEMAIS UMA MOTO ROUBADA

A moto estava abandonada, sendo que na segunda dia 4 , a mesma com mais outras duas foram perseguidas pela PM, sendo que somente esta não havia sido recuperada pela polícia
Foto: Colaborador ( Wilter- Fronteira Alerta/ ed F.A.)
 No final da tarde desta quinta feira, por volta das 17:40 hs, a ligação de um morador da cidade, levou os policiais até ao bairro Shangrilá, onde a moto foi localizada. 


Foto: Colaborador ( Wilter- Fronteira Alerta/ ed F.A.)
 A ligação partiu de uma pessoa conhecida na sociedade Mirassolense, que repassou as informações recebida de outra pessoa. 



Foto: Colaborador ( Wilter- Fronteira Alerta/ ed F.A.)
Os policiais Militares deslocaram até ao local, onde encontraram a motocicleta Honda NXR Bross de cor vermelha, placa OBS-0296, nas mesmas condições em que foi furtada, no sábado, em uma residência, " inclusive com a chave de ignição no contato".








Segurança Pública se faz com parcerias, e colaboração de todos, onde uns têm o dever, e outros a responsabilidade. 
Através da informação, repassada, mais uma vítima teve seu bem restituído, parabéns ao cidadão,  que não revelarei sua identificação, para resguardar-lhe, e parabéns aos policiais que com isto passa a régua, recuperando as três motos roubadas em 3 dias. Mas os trabalhos não pararam, pois segundo apurado pelo Fronteira Alerta as investigações continuam , para se chegar aos autores do furto como também dos roubos utilizando a famosa Bross preta , que estava com esta, e foi apreendida na segunda 4/julho.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog