Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

Pai e Avó são presos por estupro de vulnerável, no interior de Mato Grosso.



PAI E AVÓ SÃO PRESOS POR ESTUPRO DE VULNERÁVEL EM SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA

Segundo a tia da criança relatou a polícia quando foi denunciar o caso, envolvendo o Pai e o irmão, a mesma quando criança sofria também sofria abusos do próprio pai.



Ilustração


Pai e avô acusados de estupro de vulnerável contra filha/neta de 10 anos tiveram mandados de prisão temporária cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, nesta quinta-feira (19.10), em São Félix do Araguaia (1.200 km a Nordeste). O pai M.L.A.O., 35, e avô, L.B.O., 63, obrigavam a menor a praticar atos libidinosos em diferentes momentos e diversas vezes por dia.

As investigações iniciaram após a menor contar sobre os abusos para tia, que procurou o Conselho Tutelar, que denunciou o caso na Delegacia de São Félix do Araguaia. A tia é filha do suspeito L.B.O. e contou que também sofria abusos pelo pai.

A menina passou a ser abusada desde que foi morar na casa do avô paterno, após a mãe abandonar o pai, devido as constantes agressões físicas que sofria. O pai mora próximo ao avô e visitava a menina aos finais de semana, momento em que passou abusar sexualmente da filha.
Ilustração/ denuncie


Em depoimento, a menina contou que os abusos aconteciam tanto durante a noite, quando durante o dia. Durante a violência sexual, ela chorava e pedia para que eles parassem, porém eles continuavam até que a satisfação da lascívia.

A menor foi submetida a exame de corpo de delito afim que confirmar a violencia sexual, sendo constatado no laudo que a vítima sofreu manipulação de seus órgãos genitais.

Segundo o delegado Valmon Pereira da Silva, embora os abusos fossem praticados pelos dois suspeitos, eles aconteciam em momentos distintos, sem que pai soubesse da conduta do avô e vice-versa. O delegado representou pela prisão temporária dos suspeitos, decretada pela Justiça e cumprida, nesta quinta-feira (19), pelos policiais da Delegacia de São Félix do Araguaia.

A menor foi retirada do convívio da família natural, ambiente de risco em que se encontrava e a encaminharam para acolhimento provisório na casa de amparo deste município.

Fonte Assessoria P.J.C./MT

Mais Vistas

Fim da Agonia, corpo de jovem é localizado no rio Jauru após ts dias de seu desaparecimento

Criminosos assaltam Mercado, rendendo proprietária e clientes em Quatro Marcos

Gefron apreende quase 40 Kg de drogas após troca de tiros com mulas na fronteira.

Advogado e covardemente assassinado de joelhos na frente da Babá e da filha de menos de 2 anos em Caruaru-PE

PM de M. D´oeste retira mais uma arma de circulação e prende um suspeito, após fuga alucinante de dupla com moto suspeita.

Bandidos da moto vermelha praticam mais um roubo em Quatro Marcos

PM de Araputanga prende dois ex-presidiários e que pretendiam roubar caminhonetes na cidade

PRF prende foragido da Justiça transportando diamantes, durante abordagem a ônibus em Rondonópolis

PM de Mirassol D´oeste captura foragido da justiça e prende motorista embriagado durante abordagem de rotina

Crime brutal; Adolescente de 15 anos é torturado e assassinado e tem ainda corpo queimado no interior de MT

Seguidores