Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

Ação conjunta entre ARI e Força Tática estoura mais uma boca de fumo em B. do Garças.

 AÇÃO INTEGRADA DA ARI E FORÇA TÁTICA DA PM, ESTOURAM MAIS UMA BOCA DE FUMO EM B. DO GARÇAS



  O dono do Comércio foi preso e com ele três usuários também foram conduzidos para DP.





 Ação policial ocorreu na noite desta segunda-feira dia 19, no bairro  Serrinha, esquina das ruas Basílio Dourado  com a rua  Santo Antônio, quando uma equipe da Agência Regional de inteligência ( ARI), do 2º BPM de Barra do Garças, realizava o trabalho de investigação e acionou uma equipe da Força Tática, para averiguar um local, investigado como ponto de venda de entorpecentes, conhecido popularmente como boca de fumo.

 Quando a equipe da Força tática Chegou local  iniciou as buscas e varredura sendo, localizados várias porções de maconha para consumo, além de uma outra porção de maior de cocaína.

 Também foram apreendidos no local dinheiro trocado, sendo flagrado três indivíduos ( clientes), fazendo uso de drogas no local.

 O dono da boca recebeu voz de prisão e foi conduzido para a DP, juntamente com o material apreendido, além dos três indivíduos, que consumiam as porcarias dentro da casa. 

Mais Vistas

Fatalidade na MT-170; Motociclista motociclista morre ao ser atropelado por caminhão leiteiro em Salto do céu

Gefron apreende 31,5 Kg de cocaína pura na fronteira e manda quatro para o xilindró.

Desavença em "boca de fumo" termina com mulher cravando faca na cara de outra

Homem é executado à tiros no meio da rua em São José dos Quatro Marcos

PM de Salto do Céu recupera Toyota SW4, pertencente o futuro Chefe da Casa Civil de Mato Grosso

Bombeiros encerram buscas por mulher que se jogou no rio para salvar filha

Gefron prende Casal de Pontes e Lacerda por evasão de Divisa em Porto Esperidião, quando seguia para Bolívia

PM de Mirassol D´oeste recupera Hilux arma e munições roubadas de fazenda em Curvelândia

Polícia Civil apreende 350 kg de maconha em rodovia na entrada da Capital

PM prende estelionatária de 65 anos após golpe em Banco de Curvelândia, outra mulher estava junto mas alega ser inocente

Seguidores