sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

PM de M. D´oeste prende dupla perigosa, integrantes de quadrilha de roubos em Cuiabá.

PM DE M. D´OESTE PRENDE " POITA E MAXIXE", INTEGRANTES DE QUADRILHA DE ROUBOS DA CAPITAL

 Os suspeitos mentiram seus nomes, mas foram conduzidos e através de checagem constatado serem indivíduos perigosos, que não poderiam sair de Cuiabá, por estarem em liberdade condicional, sendo presos por este motivo.





 Segundo informações da Polícia Militar, a prisão dos dois indivíduos, em integrantes de uma quadrilha especializada em Roubos e Furtos de Cuiabá, ocorreu no final da noite desta quinta-feira dia 22, por volta das 23 horas, quando Policiais Militares do 17º BPM realizavam patrulhamento e abordagens de rotina.

Estas ações já são costumeiras em toda a região sob comando do 6º CR-Oeste, onde as pessoas e veículos são checados junto ao Banco Nacional de dados e outros Órgãos.

 Um trabalho que vem apresentando um ótimo resultado com vários indivíduos procurados pela Justiça sendo presos, fazendo uma separação do joio do trigo.







Durante o patrulhamento os Militares avistaram dois indivíduos nas proximidades da  praça do bairro Jardim São Paulo, que foram abordados para averiguação rotineira.

 Durante os trabalhos foi realizada a entrevista, onde foi perguntado os nomes completos, como também o da genitora, para realização da checagem.

 Diante do questionamento, os militares perceberam certo nervosismo, onde um se identificou como o Walisson David Cavalcante de Lima.

 Ao ser questionado sobre o nome da mãe e a data de nascimento o mesmo entrou em contradição, aumentando a desconfiança de que algo de errado poderia estar ocorrendo.

 Já o segundo indivíduo informou se chamar Igor de Araújo Silva e diante das indagações sobre o nome da mãe e data nascimento o mesmo também entrou em contradição, aumentando o seu nervosismo. 

A mesma pergunta foi repetida por três vezes e os mesmos continuaram afirmando que seus nomes eram aqueles repassados.

 Os militares não se contentaram com as alegações, diante de tamanho nervosismo e conduziram os indivíduos para o COPOM ( Centro de Operações Policiais Militares), localizado no 17º BPM, onde outras averiguações foram aprofundados para esclarecer a verdade.
Foto: R.S.W.A./Ed F.A.
Os policiais conseguiram informação junto a unidades de Cuiabá de que o primeiro suspeito entrevistado que passou nome de o Walisson na verdade se chama Luiz Carlos Cavalcanti de 22 anos,
 conhecido como " PÔITA". 

 O mesmo possui várias passagens criminais pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos ( DERF), da capital e ainda pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa ( DHPP).








 Já o segundo indivíduo que se identificou como Igor, teve uma revista minuciosa realizada onde foi encontrado uma cédula de identidade com nome de Márcio César de Araújo, que continha foto do suspeito.

 Baseando nesse documento foi mantido contato também com autoridades da capital, onde o mesmo foi identificado que também possui diversas passagens na região da capital, por roubos.


Foto: R.S.W.A./Ed F.A.
 O mesmo é conhecido com alcunha de " MAXIXE" e ambos responde a processos por roubo na Comarca de Cuiabá, e por determinação judicial não poderiam se ausentar do município sem a devida autorização judicial devido estarem em Liberdade condicional.

 Com a localização dos mesmos, distante a quase 300 KM da Capital, foi configurado a quebra  das condições estipulados para que estivessem em liberdade.

 Foi repassado ainda que os indivíduos pertenceriam a uma quadrilha que atua em Cuiabá e que Possivelmente estariam na região de Mirassol D´oeste para prática de outros crimes.





 Diante dos fatos os suspeitos foram conduzidos para a DP de Mirassol D´oeste, onde outras providências foram tomadas e se encontram a disposição a Justiça.