quinta-feira, 29 de março de 2018

Motorista se envolve com usuários de drogas e vende parte da carga de bebidas para saciar seu vício.



MOTORISTA SE ENVOLVE COM USUÁRIOS DE DROGAS E VENDE PARTE DA CARGA PARA SACIAR SEU VÍCIO


 O Caminhoneiro  foi obrigado a pernoitar na cidade devido a problemas mecânicos e acabou se envolvendo com usuários de drogas vendendo parte da carga.



Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.
 O fato ocorreu em Porto Esperidião, cidade distante a 320 km da capital, Cuiabá, quando Policiais Militares receberam informação de um motorista que estava desaparecido naquele município e que poderia estar na mão de bandidos, haja vista que carregava uma carga valiosa de cerveja em latas.

Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.
 Diante das informações dos Militares saíram em diligências pela cidade, localizando o caminhão Volkswagen, de cor azul com placas de Cáceres, que estava carregado com vários fardos de cerveja em lata.



 O veículo estava  no bairro Aeroporto e próximo a ele os militares avistaram dois indivíduos que tentaram empreender do fuga de uma residência, sendo feito o acompanhamento e a detenção dos mesmos.

 Um deles identificado como C.M.S. de 24 anos, conhecido como "Neguinho do Corote" é bastante conhecido no meio policial por se envolver em outras práticas delituosas e também como usuário de entorpecentes.

 Outro indivíduo identificado com o M.R.L, de 33 anos foi identificado posteriormente como motorista do caminhão, que encontrava aparentemente sobre efeito de drogas.


 Os militares constataram que realmente o mesmo se tratava do motorista ao checarem a nota fiscal da bebida, que teve origem na cidade de Cáceres e destino final seria em Vila Bela da Santíssima Trindade.


 Foi constatado que parte da lona da carga havia sido mexida, onde o motorista afirmou ser comercializado cerca de 100 caixas adquirir a droga, sendo que o mesmo também é usuário.

Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.
 Os dois foram conduzidos juntamente com o veículo para a Delegacia de Polícia Civil de Porto Esperidião, para esclarecimento do fato.

O Fronteira Alerta foi informado que o motorista revelou os policiais que teria negociado parte da carga em um bar da cidade e a outra parte com o indivíduo que passava com um veículo, que o mesmo não soube identificar quem era, apenas que fez a venda.


 Cada caixa teria sido vendida pelo valor de R$ 10,00, e esse dinheiro teria sido utilizado para que o motorista, juntamente com outros usuários, consumissem droga desde a noite de terça-feira até o início da tarde desta quarta dia 28, quando os policiais localizaram o mesmo.


 A Polícia Civil conseguiu reaver 32 caixas, que haviam sido vendidas pelo motorista paro dono de um bar sendo que o mesmo revelou que teria comprado não suspeitando de verdade tendo Vista que o produto estava com nota e o motorista se tratava de um funcionário da distribuidora.


 Fronteira Alerta foi informado que na realidade o motorista prestava serviço a empresa, que realizava a condução do caminhão da empresa com destino final, que seria Vila Bela da Santíssima Trindade.


 A empresa teria informado à polícia civil de que estariam faltando cerca de 200 e poucas caixas de bebida contradizendo O que o motorista havia ligado que teria gostado apenas em caixas


 Em conversa com um Investigador de Polícia Civil, o motorista teria demonstrado bastante arrependido de ter feito o que fez, e estaria com muita vergonha do fato.


O motorista informou aos policiais que seu caminhão teria apresentado problema na terça-feira e que mecânicos foram encaminhados para o conserto do mesmo, que ficou pronto na noite desta quarta e que o motorista teria ficado hospedado em um hotel da cidade.O mesmo deveria prosseguir viagem na manhã da quarta-feira, 29,  fato este que não ocorreu devido o mesmo ter se envolvido com usuários de droga e para saciar seu vício acabou fazendo a besteira que fez.


 O fato foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Porto Esperidião, onde o motorista ainda se encontra aguardando  outras providências para o caso.