quarta-feira, 28 de março de 2018

Polícia Civil de Rio Branco localiza a casa e apreende ferramentas pertencentes a quadrilha, que pretendia roubar Banco




 POLÍCIA CIVIL DE RIO BRANCO LOCALIZA CASA E APREENDE FERRAMENTAS DE QUADRILHA QUE PRETENDIA ROUBAR BANCO 

 A casa alugada na cidade como apoio foi descoberta através da investigação, após da prisão de três integrantes da quadrilha pela PM 
Foto: P.J.C./ Ed F.A.




 Na tarde desta terça-feira, dia 27, Investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Rio Branco, distância cerca de 340 KM, da capital Cuiabá, deram continuidade aos trabalhos que frustraram ação criminosa de uma quadrilha de roubo a banco.

Após a Polícia Militar apresentar naquela Delegacia três Suspeitos  abordados na MT-170, próximo ao distrito de Panorama,  a 7 KMs da cidade.

 Foi constatado que os mesmos possuíam imagens da agência do Banco do Brasil e todos eles possuíam passagens criminais, levantando a suspeita de que seria um grupo pertencente a uma quadrilha que estudava Agência bancária, para a prática de um roubo ou furto, com arrombamento do Banco.


Leia mais

Policiais Militares de Rio Branco frustram mais uma ação criminosa, evitando possível arombamento do Banco do Brasil.



Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.


 Os Investigadores da DP após interrogatório e outras providências descobriram que além de T.M.C.  de 34 anos,  S.A.S. de 21 e M.J.C. de 33, também haviam outros membros, ainda não identificados, que estariam na região e teriam locado uma residência no bairro Vila Mariana na cidade de Rio Branco.

 Os policiais foram até o imóvel onde o proprietário que havia locado relatou que as pessoas haviam se evadido da casa após a prisão dos três suspeitos ocorrido na  ainda na madrugada desta terça 27

Na residência os policiais encontraram várias ferramentas,
 dentre elas chaves, alicates, luvas, dentre outras,  também discos de corte e ferramentas poli-corte, muito utilizadas para arrombamento de cofre, onde as chapas de aço  são cortadas.

 A ferramenta também é muito utilizada no corte de paredes, para adentramento em agências.
Foto: P.J.C./ Ed F.A.

 Com esta ação está mais do que confirmada, que criminosos da capital estão saindo para cidades menores, em busca de práticas criminosas contra instituições financeiras, como Bancos Cooperativas de Créditos e ainda casas lotéricas.


 O fato continua sendo investigado e como na primeira reportagem postada pelo Fronteira Alerta, tudo indica que outros indivíduos ainda estejam na região planejando e preparando possíveis ataques a Bancos.




 Caso você saiba de alguma informação que possa levar a polícia a  identificar esta ou outra quadrilha ligue imediatamente para o 190 ou 197 E denuncie