terça-feira, 27 de março de 2018

Polícia Civil prende estuprador que abusava de três irmãs , em Cáceres


POLÍCIA CIVIL PRENDE ESTUPRADOR QUE ABUSAVA DE TRÊS IRMÃS EM CÁCERES


O suspeito foi preso na porta da casa da vítima, que registrava a ocorrência da DP, e recebeu uma ligação do mesmo lhe fazendo ameaças.

Ilustração


 Mais um caso de estupro contra Criança e Adolescentes foi registrado em Cáceres, distante a 225 km a Oeste da capital Cuiabá, onde o autor foi parar atrás das grades.

 O fato chegou ao conhecimento da equipe da Delegacia Especializada da Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso, no dia 23 de março, através da denúncia realizada por uma jovem de 14 anos.
Ilustração
 A mesma estava na Delegacia registrando um Boletim de Ocorrência, quando o seu telefone tocou e do outro lado o suspeito Mariano Alves dos Santos de 65 anos, fez várias ameaças, dizendo que estava na porta da casa da mesma.


 De imediato uma equipe da Polícia Civil se deslocou até o local, realizando a prisão do acusado, que foi conduzido para Delegacia.

 O mesmo confessou durante o interrogatório, que teria mantido relações sexuais com as vítimas de 14 e 11 anos e ainda teria praticado atos libidinosos com a outra irmã das meninas, de apenas 7 anos.
Ilustração
 Em detalhes o mesmo relatou aos policiais, que os abusos com a menina de apenas 11 anos começaram a cerca de 2 anos e o último teria ocorrido no dia 18 de Março, ocasião em que ele teria levado a mesma para o sítio, onde ele reside na zona rural de Cáceres.


 Em relação a jovem de 14 anos, os abusos teriam começado quando a mesma tinha apenas 10 anos de idade.

 Em relação a criança de 7 anos o mesmo teria praticado atos libidinosos, não chegando a o ato sexual, propriamente dito.

 A polícia descobriu que o homem tem parentesco com a mãe das crianças, que o chamam de tio, sendo que o mesmo frequenta a casa das vítimas.

O suspeito também ajuda financeiramente a mãe delas,  sendo que o relatou ainda que se aproveitava da situação e ainda dormia na cama de uma das meninas, nas ocasiões em que ficou na casa das vítimas.

 O mesmo que se encontrava preso no Cadeião, teve um Mandado de Prisão solicitado e expedido, através da Comarca de Cáceres, sendo cumprido, nesta segunda-feira dia 26.


 A Polícia Civil através da Delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes, informou ainda que o caso está sendo investigado e não descarta uma suposta conveniência que além das três garotas, sendo duas filhas de um mesmo relacionamento, e a menina de 7 e mais dois meninos (5 e 1 ano), filhos de outro pai.