segunda-feira, 5 de março de 2018

Polícia Militar frustra furto a Banco do Brasil e prende quadrilha especializada neste tipo de crime.

PM DE COMODORO E SAPEZAL IMPEDE FURTO A BANCO E PRENDE QUADRILHA ESPECIALIZADA, EM ARROMBAMENTOS DE COFRES.

A quadrilha tinha até um bloqueador que cortava todas transmissões telefônicas e internet do   quartel da PM, para impedir que os policiais fossem avisados.
Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.



 Uma ação bem sucedida por parte do policiais se iniciou coma  comunicação de um furto a agência do Banco do Brasil, por volta das 04:30 da madrugada deste domingo, 04, em Comodoro, município a 600 KM da capital Cuiabá.

A empresa de monitoramento da agência entrou em contato com o Comandante e o Sub comandante, passando as informações, pois não conseguiram entrar em contato com os policiais de serviço no Quartel da Polícia Militar, que tinha sido alvo de uma sabotagem dos criminosos.

Através desta solicitação, foi possível mobilizar as guarnições para  o atendimento a ocorrência, mesmo sem o contato direto para atualizar as informações.

Ao chegarem no Banco os policiais se depararam com um indivíduo que estava descendo do telhado da agência, e foi detido em frente a agência, conforme informou um dos policiais que participou diretamente da ações.

O mesmo foi identificado como menor de idade 

Os policiais constataram que os bandidos já haviam foragido do local, durante a aproximação e a abordagem ao infrator apreendido.
Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.

Foi averiguado que os bandidos entraram pelo telhado da agência e quebraram o forro para acessarem a sala onde estava os cofres, que tiverem parte da lâmina de aço cortada. 


Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.

cerca de 8o% do corte que arrombaria o cofre já havia sido efetuado pelos bandidos, que tiveram que parar os trabalhos com a chegada dos policiais.


Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.


No local os bandidos deixaram vários equipamentos dentre eles uma makita, ( equipamento de corte), utilizado para cortar paredes e chapas de aço, com, com qual realizavam o arrombamento do cofre, impedido pela chegada dos policiais. Vários discos de corte, furadeira, furadeiras, escadas dentre ouros materiais.


 Durante os trabalhos de diligências os militares obtiveram a informações que parte da quadrilha estava em fuga pela rodovia BR-364, sentido a Campos de Júlio, utilizando um veículo Fiat Strada de cor branca. 

As informações foram repassadas para os Policiais daquela cidade que foram de encontro aos criminosos.

A equipe se deparou com a quadrilha próximo a uma plantação de soja, seguindo em alta velocidade e não tiveram como realizar a abordagem naquele momento, iniciando assim o acompanhamento tático, porém com certa desvantagem, devido o tempo perdido para realizar a a manobra e seguir atrás dos mesmos.

As informações da fuga da quadrilha foram repassadas para a guarnição de Sapezal, cidade m,ais a frente, e que seria passagem obrigatória dos bandidos. 
Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.

 Policiais de Sapezal conseguiram realizarem o bloqueio e conseguiram abordarem o veículo, prendendo 4 suspeitos que se encontravam no veículo. 

Foi constatado o envolvimento dos indivíduos que foram conduzidos para Comodoro, onde as equipes davam continuidade aos trabalhos.



Uma casa que deu suporte a quadrilha era uma boca de fumo.




 Policiais de Comodoro estouraram a boca de fumo e prendeu um casal que deu suporte a quadrilha.
Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.

Os Policiais Militares de Comodoro realizaram outra diligências até uma casa, onde um casal  que deu apoio a quadrilha também foi preso. 

Os bandidos teriam ficado hospedados na casa  esperando o momento para saírem para a prática do crime. 

 Na casa também foi apreendida uma balança de precisão e dois tabletes de maconha configurando ainda o crime de tráfico de drogas.




 Sabotagem ao sistema de comunicação da Polícia.


Foto: R.S.W.A,./ Ed F.A.

Os policiais estranharam o bloqueio dos sinais de rádio, telefones fixo e até celulares, que ocorreu no momento da tentativa de furto do banco. 

Até os aparelhos de ar condicionado pararam, inexplicavelmente, até que os policiais realizaram buscas nas proximidades do Quartel e descobriram um bloqueador de sinais, utilizado pela quadrilha.

O aparelho estava escondido em uma gaveta desativada de ar condicionado, onde alcançava a área do Quartel e mais algumas casas ao redor, m um raio de 300 metros ao redor.

Os bandidos, que estão sendo apontados como profissionais nesta modalidade de crime, utilizaram um aparelho, avaliado em R$ 60 mil, segundo informado por um policial ao Fronteira Alerta. A função do aparelho tão caro era impedir que a Polícia Militar fosse acionada por alguma ligação , rádio ou mesmo pela internet, e assim teriam tempo para entrarem na agência e arrombarem o cofre.

Os integrantes da quadrilha foram identificados como sendo um adolescente, que estava no telhado da Agência e um casal que deu apoio, que são de Comodoro-MT

Os outros quatro integrantes são de Várzea grande e Cuiabá e a polícia não descarta o envolvimento do grupo em vários ataques semelhantes a Bancos da região Oeste.

Nestes meses já foram registradas várias cidades já tiveram suas agências furtadas ou mesmo tentativas  frustradas  pela intervenção policial.

  Os suspeitos conduzidos foram identificados como e A. J.B conhecido como monstro, M.V.C.  , W.S.L.,  C.R.A. e    G.S.O. além das mulheres N.L.C. e D.A.X.

Ainda foi apreendido o adolescente infrator no J.P.M.


Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Comodoro, que passa a investigar o caso.