Postagens recentes

Assaltante que provocava batidas entre veículos para assaltar vítimas é preso pela PJC em VG



ASSALTANTE QUE PROVOCAVA BATIDAS ENTRE VEÍCULOS PARA ASSALTAR AS VÍTIMAS É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL EM V. GRANDE

Fonte : Assessoria | PJC-MT
  Foto ilustrativa


A Polícia Judiciária Civil, por meio dos trabalhos da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG), prendeu um suspeito, conhecido com os apelidos de “Mister Ben” e “Extermínio” reincidente em diversos roubos cometidos na cidade.

A ação da especializada que culminou na prisão de Luiz Henrique de Almeida, 21, aconteceu na terça-feira (24) em cumprimento a mandado de prisão preventiva, na residência do suspeito localizada no bairro Jardim Ana Luíza, em Várzea Grande.

A ordem judicial faz referência a investigação em que ele é apontado como executor de assalto contra uma vítima que trafegava em uma caminhonete Hillux, na região da Praia Grande, em dezembro de 2016.

Na ocasião Luiz, acompanhado de dois comparsas, “jogou” o veículo Celta que conduzia (proveniente de roubo) contra a caminhonete da vítima, obrigando-a a parar o automóvel. Em seguida, os assaltantes subtraíram (mediante grave ameaça e portando arma de fogo) objetos pessoais e quantia em dinheiro de aproximadamente R$ 3 mil reais.

O veículo Celta, roubado em outra ocorrência, foi abandonado no local do crime após os criminosos fugiram na caminhonete da vítima.

Conduzido à Derfv-VG, Luiz Henrique confessou o crime, afirmando que os produtos do roubo foram divididos com os comparsas. Ele contou ainda que o seu modus operandi nos roubos era planejado de modo a abalroar os veículos das vítimas para forçá-las a parar, facilitando a execução do roubo.

De acordo com a delegada titular da especializada, Elaine Fernandes da Silva, trata-se de um criminoso contumaz. “Ele já possui outros quatro processos criminais por roubo qualificado, possui também condenação de 04 anos de reclusão por outro roubo, além de ser alvo de investigações de roubos ocorridos na região do Capão Grande”.

Arquivo

Mostrar mais