domingo, 1 de abril de 2018

Homem é agredido e ameaçado por Vereador em Reserva do Cabaçal

HOMEM É AGREDIDO E AMEAÇADO POR VEREADOR, EM RESERVA DO CABAÇAL

Após bater a cabeça da vítima contra a parede de um clube, o agressor ameaçou de morte a vítima, sendo que outro vereador que estava com o agressor também proferiu ameaças.


Ilustração



O fato ocorreu por volta das 23 horas da noite dessa sexta-feira, dia 30, no clube Cio da Terra, em Reserva do Cabaçal, distante a cerca de 390 Km da capital Cuiabá.


 Conforme o Boletim de Ocorrências, a vítima L.F. procurou os Policiais Militares, queixando-se de ter sido agredido fisicamente por um vereador da cidade, no momento em que ele conversava com seu patrão, dentro de um clube da cidade.

 O vereador de nome não informado pelas autoridades, e sem motivos aparentes, teria segurando a cabeça de L.F e batido contra à parede, conforme a vítima relatou os policiais

 Agressão  provocou uma lesão na região da nuca,causando sangramento,  e que na sequência ainda o vereador teria dito que; "ele era Vereador ele que a polícia não poderia fazer nada com ele".

 Segundo a vítima ainda o  agressor teria ameaçado de morte caso este o denunciasse a polícia.
 A vítima informou ainda, que outro Vereador  que estaria em companhia do agressor,  também lhe teria feito ameaças.


 Dois policiais de plantão foram até o local, onde havia grande número de pessoas,  onde o suspeito foi identificado e comunicado do fato, alegando o princípio que nada disso teria ocorrido e de que a vítima estaria bêbada e teria se lesionado sozinha.

 Os policiais convidaram o agressor para comparecer à sede do NPM, onde os fatos seriam esclarecidos, porém este se recusou a ir, mesmo sendo intimado pelos policiais.

Outros homens inclusive o outro Vereador citado pela vítima,também estavam juntos e impediram que os policiais realizassem a condução do mesmo. 

 A equipe de policiais que estava em menor número naquele momento decidiu não continuar no local, para evitar uma situação mais grave, com uma ocorrência generalizada, inclusive de risco da integridade física para todos os presentes, decidindo recuar e tomar outras medidas cabiveis.

Foi posto como prioridade preservação da integridade dos presentes e dos policiais, além do fato do agressor já ter sido identificado, tendo moradia  fixa e sendo bastante popular na cidade, deverá esclarecer em data futura o caso perante a Justiça, através da queixa formalizada na Delegacia pela Vítima.


 Posteriormente a vítima seguiu até o Quartel da PM com os policiais, onde foi elaborado o Boletim de Ocorrência e posteriormente encaminhado juntamente com a vítima para Delegacia de Araputanga onde o fato foi registrado


 Nesta segunda-feira, 02 a vítima passará por exame de corpo de delito onde outras providências serão tomadas referente ao caso.

 Tentamos contato com a Câmara dos Vereadores de Reserva do Cabaçal, porém por ser domingo, não conseguimos contato através do telefone 65- 3247-1301. Estamos a disposição para caso os envolvidos queiram se manifestarem a respeito do assunto.