Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

Medico Peruano é preso no interior de Mato Grosso acusado de estuprar pacientes sedadas.


 MÉDICO PERUANO É PRESO NO INTERIOR DE MATO GROSSO, ACUSADO DE ESTUPRO DE PACIENTES SEDADAS


 O mesmo era considerado foragido da justiça, por haver um Mandado de Prisão contra o mesmo, espedido pela justiça de Araras-SP



Reprodução/ Ed F.A.

 Policiais da Delegacia de Polícia Civil da cidade de Colniza, distante a 1065 km Noroeste da capital, Cuiabá, realizaram a prisão de um médico de nacionalidade Peruana, que estava foragido da Justiça, acusado de abusar de pacientes que se encontrava sedadas, após procedimentos médicos.



Reprodução
 A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira dia 26, quando Romero Reynaldo Ordonez Ramos, 53 anos, teve a prisão cumprida pelos investigadores, em cumprimento ao Mandado de Prisão expedido pela Comarca da Cidade de Araras, interior de São Paulo, onde o mesmo foi denunciado pelas vítimas.

 O médico, que atua como Ginecologista,  possui registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), que estava suspenso pelo mesmo Juíz que decretou sua prisão.

 O médico estava apenas duas semanas na cidade de Colniza,  porém já estava atuando no hospital municipal da cidade e ainda em uma Unidade de Saúde privada.

 O médico foi condenado a 6 anos de reclusão mais uma pena pecuniária, por abusar de suas pacientes,  tendo  estes crimes ocorridos na cidade de Buritis no estado de Rondônia,  onde o mesmo atuava.

 Após esses fatos o suspeito se mudou para a Cidade de Araras, interior de São Paulo,  fixou residência e onde foi denunciado,  sendo expedido Mandado de Prisão em seu desfavor.


 Os policiais agiram rápido, tendo recebido a denúncia através do Mandado de Prisão no início da tarde desta quinta, 26, mesmo dia em que foi posteriormente monitorado e realizada a sua prisão.




 Após o cumprimento da prisão o médico foi conduzido para a Cadeia Pública da cidade de Colniza, onde ficou a disposição do Poder Judiciário para demais providências, incluindo o recambiamento para cidade de origem da denúncia. 



 O caso nos faz lembrar do médico que também abusava de suas pacientes
 Foto: Reprodução


 O  ex-médico Roger Abdelmassih, condenado a 181 anos de prisão por 48 estupros de 37 pacientes.


Ele teve a pena de prisão em regime fechado convertida em prisão domiciliar no ano passado e deixou a penitenciária de Tremembé em outubro. Desde a data, o ex-médico cumpre a pena em casa.

Mais Vistas

Motociclista vai a óbito após atropelar pedestre na principal avenida de Curvelândia

Quadrilha ataca mais uma propriedade rural e rouba duas caminhonetes na região de fronteira

Pastor tem residência invadida e veículo roubado, na zona rural de Porto Esperidião

PM de Curvelândia prende um criminoso e recupera caminhonete roubada em Arenápolis

PM divulga identidades dos dois suspeitos mortos em confronto em Juara

Polícia Militar apreende menor de 15 anos, por ameaçar tio e a própria avó em Mirassol D´oeste

Polícia Militar prende suspeito, após ser flagrado furtando casa de policial em Araputanga

Denúncias ajudam a PM na prisão de suspeito, com diversas porções de drogas em M. D´oeste

PM de Araputanga prende " Brabão das Botas"bebendo com faca na cintura e um trabuco ao seu lado

PM apreende caminhonete após vistoriador da Ciretran constatar motor cadastrado em veículo furtado

Seguidores