Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

Polícia Civil incinera 2,5 toneladas de entorpecentes apreendidas em 2017



 POLÍCIA CIVIL INCINERA 2,5 TONELADAS DE ENTORPECENTES APREENDIDAS EM 2017


 Fonte: Assessoria | PJC-MT
Foto: P.J.C./MT


Quase duas toneladas e meia de drogas foram incineradas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), da Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (04.05), em Cuiabá. A destruição da droga, dividida em maconha, pasta base de cocaína e drogas sintéticas, ocorreu na fornalha de uma fábrica de estocagem de grãos, na Rodovia dos Imigrantes, bairro Distrito Industrial.

O grande volume de entorpecentes é resultado de apreensões realizadas no ano de 2017, que geraram diversos inquéritos policiais e Termos Circunstânciados de Ocorrência (TCO).

Conforme o delegado titular da DRE, Vitor Chab Domingues, as duas toneladas e meia de entorpecente foram apreendidas ao longo do ano de 2017, pelas unidades da Polícia Civil, bem como apreensões realizadas pela Polícia Militar que são entregues nas duas Centrais de Flagrantes, de Cuiabá e Várzea Grande.

Vitor Chab explica que a metodologia de trabalho da DRE é dividida em duas vertentes de combate ao tráfico de drogas. uma com foco enfrentamento ao tráfico interestadual que envolve grandes carregamentos de drogas vindo do Estado de Mato Grosso do Sul (MS) e da fronteira com a Bolívia.
Foto: P.J.C./MT

O segundo foco visa o combate ao “tráfico formiguinha” que abastece as bocas de fumo enraizadas nos bairros da baixada cuiabana e Várzea Grande, o qual também fomenta outros tipos de delitos como roubo, homicídio, furto e latrocínio, e traz a sensação de insegurança as comunidades, onde os índices de criminalidades são maiores.

“Além do trabalho das equipes policiais, as grandes apreensões são resultados de denúncias anônimas feitas pela sociedade. Toda denúncia que chega a DRE é devidamente checada pelos policiais”, destacou o delegado.

No montante de drogas incineradas também havia apreensões de outras unidades da Polícia Civil como Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva), Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), 3ª Delegacia do Coxipó e Delegacia de Nossa Senhora do Livramento.
Foto: P.J.C./MT
O diretor metropolitano do laboratório florense, Paulo Sérgio Vasconcelos, frisou a importância da parceria entre os órgãos da segurança pública visando a retirada de substâncias entorpecentes das ruas. “A Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de repressão a Entorpecente vem de forma excelente cumprindo o seu trabalho”, enalteceu Paulo Sérgio.

Presente na queima da droga, o juiz de direito da 13ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, Francisco Pereira Mendes, destacou a brilhante atuação da DRE e no combate ao tráfico de drogas. “É um trabalho realizado de forma séria e honesta, o qual resultou na apreensão de grande quantidade de entorpecentes, assim como diversos procedimento policiais, somente no ano de 2017”, destacou.
Foto: P.J.C./MT
Acompanharam o ato de incineração os policiais civis da DRE, da Gerência de Operações Especiais (GOE), equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), representantes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), OAB-MT, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Publico Estadual, Autoridade Judiciária da Vara Criminal de Cuiabá, entre outros convidados.

Mais Vistas

Populares localizam corpo às margens de rodovia em Salto do Céu, vítima de possível acidente com moto

PM Mirassol D´oeste frustra assalto a residência e prende integrantes de quadrilha que aterrorizava a região de fronteira

Homem tenta matar esposa a facada após discussão em Araputanga

Família é sequestrada por criminosos que roubam Hilux, joias e vários objetos em Mirassol D´oeste

Ação conjunta entre PRF e PF prendem duas mulheres transportando maconha na BR-163, no Sul de MT

Quadrilha envolvida em roubo de caminhonete é presa e dois veículos são recuperados

Polícia Militar prende mais uma mula de carona em caminhão transportando maconha

"Molho sai mais caro que o peixe": por deixar de pagar conta de 55 Reais trio vai em cana e tem caminhonete apreendida, com Mandado de Busca e Apreensão.

O monstruoso buraco negro recém-descoberto que engole um Sol a cada dois dias

Fatalidade no lago azul; homem morre ao sentir mal súbito dentro do lago do Balneário

Seguidores