Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

Brasileiros são presos no Peru, acusados de terem atacado e roubado armas de quartel da polícia Boliviana



 BRASILEIROS SÃO PRESOS NO PERU, ACUSADOS DE ATACAREM E ROUBAREM ARMAS DE QUARTE DA POLÍCIA BOLÍVIA

Policias do Brasil, Peru e Bolívia participaram da ação, que prendeu os três brasileiros, dois bolivianos e um Peruano, que encontram se sob cuidados  dos Leopardos, na Bolívia.
Reprodução Folha do Acre:


A Operação envolvendo Forças Policiais Brasileiras, Bolivianas e do Peru foi desencadeada no último sábado dia 7, para dar a resposta ao grupo criminoso, que realizou o ataque ao Quartel Boliviano.

Durante a Operação policiais Peruanos realizaram a prisão de três Brasileiros, dois Bolivianos e um Peruano, na cidade de Puerto Maldonado, na fronteira peruana no Brasil.

 A prisão dos membros da quadrilha se deu após a prisão de um outro criminoso, que também teria participado do ataque ao quartel de da Polícia Boliviana, na cidade de Polvenir,  de onde foram roubados cinco pistolas calibre 9 milímetros e 9 fuzis Ak-56.

Conforme informado pela Secretaria de Segurança Pública do Acre os seis criminosos desta quadrilha, pretendiam utilizar o armamento roubado pára assaltar um Banco no Peru.


A Operação foi realizada na cidade de Puerto Maldonado, região da tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia, onde os seis foram presos. 
Estrada do Pacífico, no Acre, passa por  Rio Branco, e vai até a tríplice fronteira com o Peru e a Bolívia -
Foto:  Avener Prado/Folhapress
Os trabalhos foram desenvolvidos com a participação das autoridades de Segurança Pública dos três Países.

O setor de inteligência da Polícia do Acre e a Polícia Federal atuaram em conjunto para ajudar na identificação destes criminosos, que foram presos pela polícia Peruana, sendo recuperados 4 fuzis que foram roubados.

 Planos do bando

O grupo é ligado ao tráfico internacional de drogas, que age na região, e pretendia também utilizar o dinheiro, a ser roubado, em outras atividades ilícitas na fronteira.


O primeiro criminoso a ser preso conhecido por Odilon e apelidado  no mundo do crime com o "Diabo", teria caguetado os comparsas os comparsas,  que foram presos no Peru, através da Operação integrada das polícias.

 Após a prisão dos acusados, os mesmos foram conduzidos para a região de Polvenir e entregues as Forças Especiais da Bolívia, conhecidos como os " Leopardos", grupo de elite da polícia Boliviana.


 O ataque ao Quartel Boliviano

O ataque ao Quartel da Polícia Boliviana ocorreu no dia 16 de junho na cidade de Polvenir, no Distrito de Pando, próximo a fronteira com o Brasil.

Durante o ataque os criminosos atiraram e feriram soldados bolivianos e fugiram em motos, levando o armamento roubado.


 2 dias após um ataque ao quartel boliviano  os militares Prenderam o brasileiro Rogério IPC da Costa encontrado dentro de uma casa  a poucos quilômetros da cidade

 Com o bandido os Militares Bolivianos apreenderam uma das pistolas roubadas dentro do quartel, que é de uso exclusivo das Forças Militares Bolivianas.

 O mesmo encontra-se preso na Unidade Penal de Segurança Máxima Chonchocoro,  que está localizada na região metropolitana pela paz capital da Bolívia.

 Baseados nas informações dos sites : Folha do Acre e folha de São Paulo

Mais Vistas

Motorista fica ferido ao capotar caminhonete durante uma tentativa de ultrapassagem na MT-175, próximo a Araputanga

Último pedido; Após capotamento e antes de morrer, "motorista pede a populares para cuidarem do sobrinho".

Gefron, Defron e PM prendem quarteto com 46 kg de cocaína, em Glória D´oeste

Gefron apreende 28 kg de cocaína, após confronto que resultou na morte de dois suspeitos

Falso frete; caminhoneiro e amigo são sequestrados e tem caminhão roubado

PM troca tiros com quadrilha e frustra roubo a residência, libertando 5 reféns, em M. D´oeste

PM de Mirassol D´oeste apreende Adolescente armado com faca após mais uma tentativa de roubo de celular

PM de Porto Esperidião prende mais um procurado pela justiça

Procurando a morte; radar da PRF registra veículo a 216 km por hora em rodovia de Mato Grosso

Operação integrada intercepta caminhão carregado com mais de 200 kg de pasta base de cocaína em MT

Seguidores