Informe a PRF Roubo ou Furto de veículo

PM leva palestras e debate sobre violência doméstica a escolas e centro sociais

MARIA DA PENHA; PM LEVA PALESTRAS E DEBATES SOBRE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA A ESCOLAS E CENTROS SOCIAIS

 Por: Alecy Alves
Assessoria PMMT

Foto: Assessoria PMMT

A Polícia Militar, por meio da Coordenadoria de Polícia Comunitária e Direitos Humanos(CPCDH), está realizando este mês o 1º Ciclo de Palestras Sobre Violência Doméstica(Lei Maria da Penha) em escolas, centros sociais e comunidades da Baixada Cuiabana. 

Para o ciclo dos 12 anos de homologação da lei foram programadas sete palestras, uma delas dirigidas aos policiais militares e as outras seis para alunos, professores, mulheres e idosos que frequentam centros sociais e de convivência.   

Na noite desta terça-feira(21.08), por exemplo, a coordenadora da CPCDH, tenente-coronel Rosalina Gomes de Pinho, juntamente com sua equipe, estará na Escola Marechal Rondon, no Bairro Alvorada, em Cuiabá. A palestra começará as 19hs.

A primeira palestra, no dia 14, aconteceu no Centro de Convivência Aidê Pereira, no bairro Novo Horizonte.   

A partir do tema ‘12 Anos da Lei Maria da Penha’, Rosalina aborda a ética conjugal, a constituição da relação afetiva e familiar, a importância do ouvir, entre outras questões. Ela observa que entre as principais causas da violência doméstica estão falhas na comunicação e o esfriamento do amor. “Precisamos aprender que amor é prática, não só declaração”, enfatiza a oficial PM.

Rosalina explica que nesse ciclo não está trabalhando a pós-ocorrência, ou seja, a violência já praticada. Mesmo assim, informa, os participantes que estão na condição de vítima recebem orientação sobre os procedimentos a serem adotados.

O principal objetivo do ciclo de palestras, destaca a coordenadora de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PMMT, e levar as mulheres à reflexão sobre as condições em que vivem e o que podem fazer para mudar.

Para a tenente-coronel Rosalina, a Lei Maria da Penha constitui um marco na luta pela igualdade de gênero e para o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher. A Polícia Militar, lembra ela, vem participando ativamente de reuniões, fóruns, seminários e outros eventos organizados em nível de Estado e município. 

Além da capacitação de seus integrantes quanto ao protocolo de atendimento das vítimas, há muitos anos a PMMT vem debatendo internamente, em escolas, nas comunidades a questão da violência doméstica.


PROGRAMAÇÃO

Datas:

21/08 – 19h, na Escola Municipal Marechal Rondon, bairro Alvorada; 

24/08 – 10h, no distrito de Campo Limpo, no município de Acorizal;

24/08 – 13h30, no distrito de Vale da Serra, no município de Acorizal; 

27/08 - 8h30, no Centro de Convivência Padre Firmo, bairro Dom Aquino, em Cuiabá;

28/08 – 18h30, na Escola Rural Udeney Gonçalves Amorim, Distrito de Aguaçu, município de Cuiabá;

30/08 – 13h30, destinada aos policiais militares, será no auditório do Comando Geral da PMMT, em Cuiabá.


Mais Vistas

Fatalidade na MT-170; Motociclista motociclista morre ao ser atropelado por caminhão leiteiro em Salto do céu

Homem é executado à tiros no meio da rua em São José dos Quatro Marcos

Gefron apreende 31,5 Kg de cocaína pura na fronteira e manda quatro para o xilindró.

Desavença em "boca de fumo" termina com mulher cravando faca na cara de outra

PM de Mirassol D´oeste apreende droga na rodoviária e encaminha dois casais para o xilindró

PM de Salto do Céu recupera Toyota SW4, pertencente o futuro Chefe da Casa Civil de Mato Grosso

Operação Omega 2 prende oito ladrões de Banco da cidade de Mirassol D’Oeste

Motorista de pick-up morre após violenta colisão frontal com caminhão na BR 070, em Cáceres

Confronto entre policiais e invasores resulta na morte de dois homens na Serra do Caldeirão

Confirmado;bandidos que explodiram Sicredi conseguiram roubar o dinheiro, no interior de Mato Grosso

Seguidores