Postagens



DESAVENÇA EM "BOCA DE FUMO" TERMINA COM MULHER CRAVANDO FACA NA CARA DE OUTRA


A Vítima estaria na boca de fumo" com o companheiro quando a suspeita chegou com marido e sem motivos aparentes  a  golpeou com a faca. no lado esquerdo do rosto, próximo ao olho.

Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.


 O fato ocorreu na noite  deste sábado dia 8, dentro da "boca de fumo da Julieta", localizada na Cidade de Cáceres, a 220 Km a Oeste da Capital Cuiabá.

 A Polícia Militar foi acionada pelo  serviço de saúde, informando de que uma jovem havia dado entrada no Hospital Regional de Cáceres com uma faca cravada no rosto, próximo ao olho esquerdo.

Uma equipe da PM se deslocou até o hospital, onde a vítima  havia sido socorrida  pelo companheiro e por outra testemunha,  que também estavam presentes no ponto de vendas de drogas.



Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.
 Segundo informações a polícia namorado e companheiro da vítima; ele a a namorada identificada como Diane Cibele da Silva de 24 anos,   estavam dentro da "boca de fumo da Julieta" quando chegou  a suspeita  (Tânia da Silva de 32 anos e seu marido (identificado como Valdinei Brum da Silva, de Cunha Galo Cego de 36 anos).






 Logo em seguida a suspeita partiu para cima da vítima com uma faca de açougueiro e a golpeou,  cravando-a no rosto da vítima,  que foi socorrida pelas testemunhas até o pronto-atendimento com a faca ainda cravada na jovem.

Foto: R.S.W.A./ Ed F.A.

 Segundo relato das testemunhas, logo em seguida após a tentativa de homicídio a suspeita e o companheiro saíram correndo do local tomando rumo ignorado.



 O namorado socorreu imediatamente a vítima, colocando em uma bicicleta e levando até o Pronto Atendimento Médico (PAM), onde recebeu os primeiros atendimentos e foi removida para o Hospital Regional.


 A jovem continua internada e seu estado de saúde não foi repassado para a imprensa.


 Equipes da Polícia Militar realizaram diligências atrás da suspeita e do Companheiro, mas até  amanhã deste domingo não havia nenhuma informação da prisão dos suspeitos



 O caso foi registrado na 1ª DP de Cáceres, que passa investigar o crime, uma vez que a suspeita e o companheiro já  são bastante conhecidos no meio policial como usuários de entorpecentes.

Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog