Postagens



 GEFRON TERÁ NOVO POSTO DE FISCALIZAÇÃO DO LIMÃO, NA FRONTEIRA COM A BOLÍVIA


 A parceria entre Sesp, Prefeitura de Cáceres e Produtores Rurais já deu início a construção das novas instalações da BR-070, após 10 anos de desativação do posto anterior.

Foto: Ass GEFRON


 Segundo assessoria do  Grupo Especial de Fronteira (Gefron), um trabalho realizado em parceria entre a Secretaria de Estado e Segurança Pública (SESP), Prefeitura Municipal de Cáceres e Produtores Rurais da Região de Fronteira, está assegurando  a construção de novo Posto de Fiscalização, localizado na BR 070, na comunidade do Limão, distante a cerca de 50 quilômetros da cidade de Cáceres e a 40 Km da fronteira com a Bolívia.

Foto: Ass GEFRON
 A instalação vem atender o clamor da população local que há 10 anos está sem a presença dos policiais em um posto fixo naquela localidade, a partir da desativação do posto anterior,  que ficava nas proximidades das novas instalações.



 O tenente-coronel Josenildo da Silva Oliveira coordenador do Gefron destacou que “essa parceria público privada trabalhando  juntos no interesse das atividades de segurança pública para toda a sociedade, observando o cidadão que tanto sofre com os furtos de veículos que têm como destino a Bolívia”


Foto: Ass GEFRON



Foto: reprodução
 O local a ser construído é um ponto estratégico na região de fronteiras que sempre apresentou um excelentes resultados no combate à criminalidade, com a recuperação de inúmeros veículos produtos de roubo ou furto,  na prisão de indivíduos procurados pela justiça  e também no grande número de drogas apreendidas  que adentravam ao território brasileiro.



 O grupo especial de Fronteira divulgou nesta semana o balanço de quatro anos de atividades na região em operações realizadas pelos policiais  militares lotados naquela umidade bem pouco também de inúmeras outras ações realizadas em conjunto com outras forças de seguranças tanto estaduais ou federais em diversas regiões do Brasil,  não ficando restrito apenas a região de Fronteira.

Foto: Ass GEFRON
 Conforme a assessoria do gefron divulgou através de sua assessora de imprensa Carla Duarte,O grupamento nesses 5 anos apreendeu cerca de  14 toneladas de entorpecentes ( pasta base de cocaína e cloridrato de cocaína). Ao todo entre os anos de 2014 à 2018 foram realizadas  1.864 prisões  pessoas na fronteira, 83 toneladas de produtos de descaminho e contrabando  foram apreendidos, quando a mercadoria não possui nota fiscal.

Ainda vale ressaltar que foram apreendidas cerca de 244 armas, 6.708 munições de diversos calibres, 1.091 veículos apreendidos e recuperados, 9.2 milhões de Reais em dinheiro, 6 aeronaves apreendidas.

Os resultados obtidos pelo Grupamento está ligado a quatro importantes fatores. A integração entre as instituições {Polícia Rodoviária e Federal}. O suporte ao setor de Inteligência do Gefron e os investimento das secretarias de Estado de Segurança Pública e Gestão, tudo isso contribuiu e muito para o sucesso nos trabalhos”, afirma o coordenador do Gefron - ten.cel. José Nildo Silva de Oliveira

O crime nos mais de 900 km da faixa de fronteira entre o Brasil e a Bolívia é geralmente realizado por “mulas”, pessoas contratadas pelos traficantes para o transporte de drogas.

O transporte do entorpecente utiliza os meios fluvial, terrestre e aéreo, sendo este último em rápidos descarregamentos em pistas de pouso improvisadas ou zonas rurais, por meio de arremessos. Automóveis, ônibus de linha regular, veículos de cargas, motocicletas, bicicletas são outras modalidades utilizadas pelos traficantes para fazer o transporte da droga.

Os tipos de drogas mais apreendidas entre o Brasil e a Bolívia, em Mato Grosso, são pasta base, cocaína e maconha.

Diariamente, policiais do Grupamento realizam operações de prevenção e repressão aos crimes fronteiriços. A atuação contínua é executada também por meio de patrulhamento volante nas rodovias estaduais e federais e estradas não oficiais, além das fiscalizações em postos fixos localizados no Matão (Pontes e Lacerda), Vila Cardoso (Porto Esperidião) e Avião Caído (Porto Esperidião).

 Fronteira Alerta com texto de Carla Duarte
Ass Gefron

Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog