Postagens



 BARRAGENS DE REJEITO ESTOURAM DEIXANDO 5 FERIDOS E 200 DESAPARECIDOS EM MINAS GERAIS


 A tragédia ocorreu em Brumadinho e de acordo com os bombeiros  três milhões de metros cúbicos de lama vazaram,  destruindo tudo que tinha pela frente


Foto: Moisés Silva;  O Tempo; Conteúdo Estadão



 A tragédia do rompimento de 3 barragens  rejeitos e não apenas uma, conforme informado pelo Ministério do Meio Ambiente, ocorreu no início da tarde desta sexta-feira, 25,   na mina do feijão, próximo a comunidade  Vila Ferteco no município de Brumadinho-MG

Foto: TV Globo

 Inicialmente foram constatado quatro feridos e o número subiu para 5, sendo que as vítimas foram identificadas como três mulheres (sendo uma de adolescente de 15 Anos, outras duas de 22 e 43 anos), além de dois homens ( ambos de 55 anos), que não tiveram os nomes revelados e que deram entrada no Hospital João XXIII.

Os quadros clínicos são estáveis e os pacientes passam por avaliação médica, sendo que um helicóptero ajuda no resgate das vítimas. 


 Em nota empresa Vale, que é responsável pela barragem prestou informações sobre o rompimento em Brumadinho Minas Gerais.

A nota foi emitida por volta das 15:30 hs e foi  reproduzida na íntegra abaixo.

"No início desta tarde, ocorreu o rompimento da Barragem 1 da Mina Feijão, em Brumadinho (MG). A companhia lamenta profundamente o acidente e está empenhando todos os esforços no socorro e apoio aos atingidos.

Havia empregados na área administrativa, que foi atingida pelos rejeitos, indicando a possibilidade, ainda não confirmada, de vítimas. Parte da comunidade da Vila Ferteco também foi atingida.

O resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelo Corpo de Bombeiros e pela Defesa Civil. Ainda não há confirmação sobre a causa do acidente.

A prioridade máxima da empresa, neste momento, é apoiar nos resgates para ajudar a preservar e proteger a vida de empregados, próprios e terceiros, e das comunidades locais.

A Vale continuará fornecendo informações assim que confirmadas."


 O "Mar de Lamas" atingiu o Rio Paraopeba e está sendo monitorada pelas autoridades,  que afirmaram que ela deverá ser retida na barragem da Usina de Retiro baixo, distante é 220 km abaixo do local do acidente.

  A captação de água para abastecimento da população 
 de Brumadinho foi suspensa no Rio Paraopeba,  mas já está sendo feito com captação das águas das represas do Rio Manso, Serra Azul,, Várzea das Flores e pela captação do Rio das Velhas conforme informou a Companhia de Saneamento de Minas Gerais.



 Devido ao "Desastre" ocorrido o governador de Minas Gerais Romeu Zema, juntamente com o ministro do meio ambiente Ricardo Salles, estão se deslocando para Brumadinho, conforme informou o governo de Minas, que quer ver de perto os estragos e prestar solidariedade às famílias.


 Os bombeiros afirmaram que cerca de 3 milhões de metros cúbicos de rejeitos teriam vazado nas represas,  e que o sistema de alarme com sirene não teria soado para avisar a população a respeito do desastre que estava ocorrendo.

Foto: Uarlen Valério/ O Tempo; Conteúdo Estadão




Foto: TV Globo
 A estimativa da Agência Nacional de águas é que a onda de rejeito deverá atingir  a barragem da usina hidrelétrica de Retiro baixo localizado a cerca de 220 km onde deverá ser retida


Resultado de imagem para brumadinho
Foto: Corpo de Bombeiros de MG


 O presidente Jair Bolsonaro durante a entrevista coletiva informou que  determinou a três ministros  para se deslocarem para a região do desastre onde deverão juntar com o Governo de Minas,  criar um gabinete especial de crise para atuar na região atingida.


Reprodução
Pronunciamento exibido pela nbr
 Bolsonaro informou ainda que ao lado do governador de Minas Gerais deverá sobrevoará região neste sábado, 26, para ver avaliar os estragos do Desastre para tomar todas as medidas cabíveis, sendo que segundo ele a prioridade no momento é o Socorro às vítimas.


Determinou o envio de tropas da 4ª Brigada de Infantaria Motorizada para auxiliar nos trabalhos de resgate, realizando trabalhos junto com a defesa Civil.

Reprodução
 O trabalho das equipes de salvamento tem como prioridade o resgate das vítimas,sendo que a Força Aérea Brasileira acionou o E helicópteros de resgate, para auxiliar as equipes de Resgate.
 As tropas com integrantes das forças armadas vão apoiar as equipes da defesa Civil de Minas que já se encontra no local.

Uma destas  aeronaves decolou do Rio de Janeiro para Lagoa Santa cidade mineira no final da tarde  e deverá se juntar-se a outras do Estado de Minas que já sobrevoam local.


cerca de 50 voluntários da Cruz Vermelha, que possuem treinamento e experiências em resgates também já se encontram no local,. Moradores estão sendo contactados e retirados das casas que apresentam riscos.

 Ainda não se tem o número exato dos desaparecidos, mas se estima em torno de 200 entre funcionários e moradores.

Estas informações ainda não foram confirmadas oficialmente.



Outro caso

 MARIANA-MG
Resultado de imagem para rompimento de rejeitos em Mariana
Foto: reprodução


A tragédia ocorreu após o rompimento de uma barragem (Fundão) da mineradora Samarco, que é controlada pela Vale e pela BHP Billiton.
Um verdadeiro mar de lamas desceu levando carros , casas, pessoas, animais e tudo oque tinha pela frente, em mais uma tragédia , como ocorreu no dia 05 novembro de 2015. Considerado o pior acidente da mineração brasileira no município de Mariana, em Minas Gerais. 

Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog