Postagens

Tecnologia do Blogger.


 CASAL DE PICARETAS É PRESO EM FLAGRANTE VENDENDO LOTE COM PROCURAÇÃO FALSA EM B. DO GARÇAS.


 Os estelionatários forjaram uma procuração com documentos falsos no cartório da cidade de Goiás e estavam vendendo um lote quando foram surpreendidos pela polícia  no momento que recebiam o pagamento.
Ilustração
 Policiais civis através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Barra do Garças conseguiram realizar a prisão de um casal de estelionatários, que estava aplicando golpes na região.


 Uma vítima teria procurado os policiais relatando  a desconfiança do golpe que estava prestes a cair, quando negociava a compra de um terreno e repassou todas as informações para os policiais.

A vítima seguiu dando continuidade as negociações conforme orientação da polícia, para que assim os suspeitos pudessem serem presos.


 As investigações apuraram que José Valdevino da Silva Filho de 38 anos e Ana Cássia Pereira Gomes de 39,  falsificaram documentos para práticas de crimes,  sendo que a negociação do lote no valor de R$ 35000  foi realizada baseada em um documento falso obtido em Goiás.


 O casal falsificou uma procuração  outorgada por Ana Cássia, para vender e transferir um terreno localizado na cidade de Barra do Garças, sendo essa procuração registrada com documentos falsos no cartório do Distrito de Indianópolis,  conforme informações da Polícia Civil.


  Com a procuração em mãos os estelionatários procuraram uma vítima na cidade, onde o empresário passou a ser sondado sendo proposto a negociação do referido lote, avaliado em torno de R$ 35.000,00.
Ilustração
 A ação da polícia foi precisa e com a negociação em fase final o casal foi preso no momento em que recebiam o pagamento,  sendo encontrado com os suspeitos a referida procuração falsificada caracterizando o Flagrante de estelionato, que estava sendo investigado.

  Ao serem questionados os suspeitos disseram que venderiam o lote pertencente a outra pessoa pelo valor de R$ 35.000,00.


O casal foi preso recentemente na cidade de Torixoréu. quando também tentavam confeccionar uma outra procuração falsa para venda de outro lote.

  Após a prisão os estelionatários conseguiram liberdade durante a Audiência de Custódia, explicou o delegado Wilyney Santana Borges Leal.

 O delegado representou novamente pela prisão preventiva dos suspeitos, sendo que os mesmos novamente serão encaminhadas para outra audiência de Custódia, referente a esse novo flagrante. 

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog