Postagens


 DELEGACIA DA MULHER PRENDE BOLIVIANO QUE ESTUPRAVA ENTEADAS DE 13 E 14 ANOS EM CÁCERES

 Os estupros já vinham correndo na Bolívia e continuaram no Brasil, sendo que  uma das vítimas  teve um bebê, fruto desta violência, da qual a mãe tinha conhecimento e não denunciou.
Reprodução: denuncie




Reprodução: denuncie
 A prisão de um homem de nacionalidade Boliviana de 40, que confessou o estupro das duas menores, ocorreu no Distrito do Caramujo, após a denúncia de uma das vítimas, na Delegacia da Mulher, localizada em Cáceres, dando início aos trabalhos de diligências, que culminou com a prisão do indivíduo que já havia mudado inclusive de  endereço.


 Segundo a Delegada de Polícia Civil Judá Maali Marcondes, que titular a Delegacia da Mulher, uma menor de 13 anos compareceu à delegacia em companhia de outras duas senhoras e relatou os estupros na qual ela e sua irmã mais velha de 14 anos, eram vítimas.
Reprodução: denuncie
 A menor de 13 anos, teria relatado que a cerca de 2 anos sofre a violência praticada pelo próprio padrasto, que constantemente abusava tanto dela quanto de sua irmã mais velha e por isso resolveu fugir de casa dando basta.


 Ainda segundo a vítima  o último abuso ocorreu há cerca de 3 semanas atrás, o que fez com que ela fugisse de casa e procurasse ajuda com a uma ex-patroa de sua mãe, que prontamente atendeu o seu pedido.


Esta mulher juntamente com outra senhora deram apoio e  acompanharam a menor até a Delegacia da Mulher, onde fizeram a denúncia.
Reprodução: denuncie

Resultado de imagem para Delegada Judá maali
Delegada: Judá Maali _  Delegacia especializada da MulherDEM
 Foto: Cáceres Notícias

 Segundo a Delegada, em seu depoimento a menor relatou também aos policiais que sua irmã de 14 anos chegou a engravidar do padrasto e deste ato violento gerou um bebê de um ano de idade e que no qual o  suspeito seria provavelmente o pai.

A outra menor de 14 anos também foi ouvida e confirmou os abusos e  confirmou que o pai do seu filho realmente era seu padrasto e que havia sido abusada pela ultima vez a cerca de uma semana pelo mesmo.

 A Delegada informou ainda que a família boliviana havia chegado ao Brasil cerca de 1 ano, sendo que os abusos começaram na Bolívia e continuaram no Brasil.


 A prisão do indivíduo ocorreu no município do Caramujo, distante a cerca de 30 km da cidade de Cáceres, quando uma equipe da Delegacia da Mulher se deslocou em diligências até o local informado pela vítima.


 Ao chegarem ao local constataram que a família já havia  se mudado,  haja vista que possivelmente o suspeito ao ver que uma das meninas havia fugido de casa ficou desconfiado que  possivelmente poderia ser denunciado.




 As equipes continuaram na região realizando buscas e os trabalhos estenderam até durante a madrugada, onde finalmente o indivíduo foi localizado e preso, no novo endereço em um sítio na mesma região.


 O suspeito foi conduzido para a Delegacia da Mulher, onde confessou a prática da violência sexual contra as menores, dizendo ainda que sua mulher, mãe das vítimas, sabia do que ocorria na casa.


Reprodução: denuncie
 Ainda conforme a delegada informou; em seu depoimento o suspeito relatou que; "A mãe sabia que a filha estava sendo abusada por ele" sendo que " Ela só ficava brava mas não o impedia de abusar destas meninas".

 Diante desta situação a Delegada informou ainda que irá indiciar a mãe das crianças e colocar a mesma na situação de co-autora de estupro de vulnerável, porque ela tinha obrigação de impedir que estes abusos ocorressem. Ao invés de impedir ela ficava deixando o abusador praticar todo este mal  contra estas meninas.

Segundo a Delegada ainda os trabalhos deverão prosseguir por cerca de 10 dias, onde estão sendo juntadas outras provas e ouvindo testemunhas.

 O suspeito já se encontra preso na Cadeia Pública a Disposição da justiça

Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog