Postagens


 PMS DE SALTO DO CÉU E RIO BRANCO DESVENDAM " ROLO CABELUDO"E PRENDE SUSPEITO QUE POR ONDE PASSAVA FAZIA ALGO DESAPARECER.


 O Suspeito furtou um pulverizador de um sítio e trocou por um revólver e dinheiro, mas até o momento já foram revelados outros furtos em outras propriedades, sendo de uma moto-serra, em outra fazenda duas novilhas que foram trocado por duas motos.










 O fato ocorreu na cidade de Salto do Céu distante a 350 km da capital Cuiabá quando a vítima do furto de um pulverizador compareceu ao Núcleo de Polícia Militar, relatando o furto e dando início assim aos trabalhos policiais para desvendar este verdadeiro "Cabribó cabeludo".

 Se você não sabe o que é "Cabribó cabeludo"?
 Eu também não sei e estou em busca de desvendar o que é,  assim como os policiais tentaram entender a ideia do suspeito, que por onde passou deixou um rastro de sujeira, levando com cinco dedos algo de valor, de pessoas que lhe deram serviço confiando no mesmo.


 Entenda o caso; 


 A vítima identificada como D.A.V. compareceu à Unidade Policial nesta quarta-feira, 06  e relatou que possui um sítio assentamento Alteza e que não reside na mesma propriedade porém ontem foi até o local e ao chegar  constatou que a porta estava arrombada.

A vítima deu por falta de Um pulverizador marca Stihl, modelo Sr 420,  e logo desconfiou de um suspeito que esteve junto com o mesmo no local.


 O indivíduo identificado como Adalberto Balbino de Souza teria prestado o serviço nesta propriedade elevado a vítima bem como também os policiais militares através do relato que possivelmente teria envolvimento com o furto do equipamento.
Adalberto Balbino de Souza ( suspeito)
Foto: Ass PMMT


 Baseado nas informações recebidas os militares iniciaram os trabalhos e foram até a residência do suspeito, que foi localizado, e durante entrevista confirmou logo que havia praticado o furto do pulverizador no período noturno.


 Durante entrevista o mesmo informou que teria arrombando a porta da propriedade, onde se  subtraiu o equipamento e foi até a cidade de Rio Branco e repassou para outro indivíduo de nome Edimar J.F, que em troca do pulverizador o lhe deu um revólver calibre 22  e R$ 100,00 ( cem Reais)
Foto: Ass PMMT

 O suspeito também relatou o furto de uma motosserra sem o sabre que ocorreu em data anterior, na propriedade de uma vítima identificada apenas como " Nego" e que teria levado a referida motosserra para uma fazenda onde prestava serviços.


 Os militares  se deslocaram até ao pelotão PM de Rio Branco para confecção do Boletim de Ocorrência em conjunto com policiais Militares de Rio Branco passaram atuar no caso.

Uma outra equipe se deslocou à  fazenda indicada pelo suspeito, onde estaria a motosserra enquanto a GU PM permaneceu na confecção do Boletim de Ocorrência e coletando outras informações. 

Foto: Ass PMMT
Em conversa com proprietário da referida Fazenda os policiais tomaram conhecimento que o suspeito prestava serviços e havia deixado uma motosserra sem o sabre na propriedade.  

 O fazendeiro também disse que  constatou o desaparecimento de duas novinhas de sua fazenda, fato este indagado ao suspeito pelos policiais.

 Em novo relato aos militares o suspeito confirmou que havia se apossado das duas  novilhas e que teria praticado o furto durante o dia, enquanto o proprietário da Fazenda havia ido a cidade.

 O suspeito informou ainda que havia trocado os animais por uma motocicleta Honda NX Bros 150 e também por outra motocicleta XRE 300 que pertencia a outro suspeito identificado como E..M.S..
Foto: Ass PMMT

 Na sequência os militares se deslocaram até a residência do suspeito Edimar que confirmou ter trocado ou pulverizador por um revólver e a quantia de R$ 100, sendo que este recebeu voz de prisão e foi conduzido para Delegacia.


 Outra equipe também se deslocou até o assentamento Alteza onde o animais da fazenda foram recuperados e também foram apreendidas duas motocicletas trocadas pelo suspeito  Adalberto.


 Diante dos fatos o suspeito juntamente com outros dois foram conduzidos para Delegacia de Polícia Civil, de Rio Branco onde E.M.S, que trocou as motos pelas novilhas  foi ouvido e liberado.

Já os suspeitos Adalberto e Edmar continuaram aguardando o desenrolar do caso que está sendo apurado pela da DP de Rio Branco.
de Calça comprida Adalberto e de bermuda Edimar ( suspeitos)
 Foto: Ass PMMT

Segundo informações da Polícia Civil, após um dia inteiro desenrolando o caso Edimar foi autuado por receptação e o  Adalberto por porte ilegal de arma de fogo.


Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog