Postagens

DEPRESSÃO PODE TER LEVADO ST DA PM A COMETER SUICÍDIO, EM CUIABÁ

  Policial que estava de serviço era um exemplo e seu atraso chamou a atenção de que algo de errado pu

desse ter acontecido.


Foto: Reprodução/Ed F.A.


na manhã deste sábado, 2 de março, infelizmente mas uma policial cometeu suicídio, e a causa provavelmente seja a depressão, doençça que mais mata policiais pelo Brasil.


 Márcia Cristina Mota de 46 anos foi encontrada pelo namorado, também policial Militar, que foi acionado pelos companheiros do Batalhão de Trânsito, de Cuiabá, onde Márcia servia.

Conforme nota da Polícia Militar de Mato Grosso, que está de luto,  a Policial já serviu em várias Unidades na Capital, e estava na carreira Militar a 20 anos.

Um exemplo de policial, com amor e dedicação a carreira, Márcia foi exemplo de superação, por ter sofrido um A.V.C. em 2016, e demostrado forças para recuperar -se e retornar a ativa. 

Em 2018 a Subtenente retornou aos trabalhos e estava escalada hoje de serviço, porém não compareceu ao trabalho no horário, fato que causou estranheza dos companheiros de serviço, devido ela nunca se atrasar.


Foto: Reprodução
Houve tentativas em vão de contactar com a mesma por telefone sendo que seu namorado que também serve na mesma Unidade, onde foi relatado o atraso e solicitado que fosse até a casa de Márcia.


O namorado teve que entrar pela sacada do prédio, onde infelizmente encontrou a vítima em óbito

 segundo  nota da Polícia Militar a mesma estava com um ferimento produzido por  arma de fogo, em seu tórax.

 o local foi periciado e as primeiras análises apontam como suicídio causado por arma de fogo.


Segundo alguns amigos, Márcia também estaria sofrendo com depressão e esta pode ser a causa que levou a mesma a desistir de viver.  


 O local do velório ainda não está definido e a família miliciana está em luto.

A família e amigos deixo externado minhas condolências, em 2004 que tive o privilégio de fazer um curso de sargento da PM, que durou quase um ano com a  ST  Márcia, e sou prova da capacidade de superação, amor a profissão e companheirismo.

Que Deus te dê um bom lugar de descanso e console os corações dos familiares e amigos 


Nota de pesar divulgada pela Policia Militar



LUTO


Polícia Militar lamenta morte de subtenente do Batalhão Especializado de Trânsito



A Polícia Militar lamenta a morte da subtenente Márcia Cristina Motta, de 46 anos, ocorrida na manhã de hoje(02.03), em Cuiabá. O corpo da policial foi encontrado no apartamento dela com uma perfuração de projétil de arma de fogo no tórax. 

A informação é que a subtenente cometeu suicídio. Investigação está sob a responsabilidade de Delegacia Especializada de Homicídios(DHPP).  

Há 20 anos no exercício da carreira na PM mato-grossense, Márcia serviu em diversas unidades, entre as quais o quartel do Comando Geral, em Cuiabá, o Regimento Montado(Cavalaria)e o Batalhão Especializado de Trânsito, onde está lotada atualmente. 

Entre os colegas de farda ela é considerada exemplo de superação e amor à farda. Marcia costumava repetir que a Polícia Militar era a sua vida. Em 2016, sofreu um AVC(Acidente Vascular Cerebral) que a afastou das funções policiais por quase dois anos.

A subtenente poderia inclusive ter se aposentado em decorrência da doença, mas durante o tratamento costumava dizer que iria superar, restabelecer sua saúde por completo e voltar ao trabalho, o que realmente aconteceu em 2018. 

Hoje, por exemplo, ela estava escalada para trabalhar e foi exatamente a sua ausência, o que nunca acontecia, que chamou a atenção dos colegas. Uma equipe do Batalhão entrou em contato com o namorado dela, também policial na mesma unidade, e esse decidiu ir até o apartamento, já que por celular não estava conseguindo fazer contato. Ele teve de entrar pela sacada e, infelizmente, a encontrou morta.

A Polícia Militar presta condolências e se coloca à disposição dos familiares. Informa ainda que uma equipe do Batalhão de Trânsito e outra da Coordenadoria de Assistência Social(CAS) estão acompanhando o caso e prestando assistência aos familiares da policial.       

Até o momento o corpo permanece no Instituto Médico Legal(IML), em Cuiabá, e a família ainda não definiu o local e horário do velório e sepultamento. Assim que obtiver essas informações a Coordenadoria de Comunicação e Marketing Institucional da PM(CCSMI) informará neste e em seus outros espaços oficiais de divulgação.


Confirmado o local do velório da ST Márcia


O velório da subtenente da Polícia Militar, Márcia Cristina Motta, de 46 anos, que morreu neste sábado(02.03), em Cuiabá, está acontecendo na Capela do CPA, sala três, e o corpo deixará esse local as 16hs para sepultamento as 17hs no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá.

Postar um comentário:

0 comments:

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog