Postagens

Tecnologia do Blogger.


PM DE ARAPUTANGA USA BALA DE BORRACHA PARA  CONTER FUGA DE TRAFICANTE DE MOTO, QUE COLOCAVA A VIDA DE PEDESTRES EM RISCO


o suspeito subia em calçadas quase atropelando inocentes, sendo necessário "Bala de Borracha" e "spray de pimenta" para conter a fuga e imobilizar o  piloto,  após a queda, o comparsa conseguiu fugir atirando contra o policial.


Foto: Ass Com 17º BPM

 Policiais Militares da 2ª Cia PM de Araputanga, distante a cerca de 343 Km da capital, Cuiabá, realizaram por volta das 20:30 hs da noite desta quarta-feira  20, a apreensão de várias trouxinhas de drogas que estava em poder de um indivíduo,  que foi preso após tentar empreender fuga de moto, junto com outro comparsa que estava na garupa.


 O suspeito identificado como T.B.S.  de 22 anos  foi preso após perder o controle de uma moto Honda Bros de cor vermelha, na qual também estava outro indivíduo, apontado por ele como sendo o menor identificado pelas iniciais E. V. , de 17 anos.




 Com o piloto foram apreendidas 9 trouxinhas de maconha e uma de pasta base de cocaína, que estava em  poder  do maior de idade sendo que o menor estava armado e ainda teria disparado contra os Policiais durante a fuga.


 Entenda o caso



Foto: Ass Com 17º BPM


 Os Policiais Militares da 2ª Cia PM de Araputanga, realizavam Patrulhamento na área central da cidade quando avistaram dois indivíduos magros, de roupas escuras, que estavam em uma motocicleta Honda Bros de cor vermelha.


 No período matutino a equipe militar tentou realizar a abordagem em dois indivíduos, também com as mesmas características, porém não obtiveram êxito, sendo que os suspeitos conseguiram evadir-se em alta velocidade de moto, evitando assim a abordagem policial.


 A abordagem do período matutino foi solicitada por Comerciantes da área Central. que suspeitaram de que os indivíduos poderiam estar na pretensão da prática de algum crime como roubo ou furto tem algum comércio.
Foto: Ass Com 17º BPM
 Já no período noturno os policiais avistaram uma dupla com as mesmas características e decidiram realizar a abordagem,  pela suspeita que pudesse talvez ser as mesmas pessoas do período matutino.


 Quando a viatura se aproximou da moto o piloto de forma brusca acelerou a motocicleta e saiu pelas ruas em alta velocidade, não respeitando os cruzamentos e subindo inclusive nas calçadas, onde por diversas vezes quase atropelou as pessoas que ali se encontravam transitando ou sentadas.




 Durante a fuga e as manobras perigosas realizadas pelo piloto, o garupa por vários momentos foi visto tentando colocar a mão dentro da roupa e sacar ou arremessar algo contra a  viatura, porém perdia o equilíbrio e não conseguia concluir o movimento suspeito.

 Com as técnicas apreendidas durante o curso de capacitação e emprego de munições e artefatos menos letais, que foi ministrado aos policiais militares daquela Cia,  uma importante Decisão foi tomada naquele momento.

Como haviam se esgotados todas as tentativas de abordagens e as ordens de paradas sendo ignoradas pelos suspeito que pilotava a moto, houve a necessidade de intervenção no ato dos suspeitos, e justamente para evitar que aquela fuga continuasse e terminasse em alguma tragédia que pudesse vitimar algum inocente ou até mesmo os próprios  infratores, os policiais tiveram que agir.


 Utilizando-se de uma munição menos letal de elastômetro,  conhecido popularmente como o balote de borracha os policiais realizaram disparos,  que possivelmente alvejaram o garupa.




 Na sequência o suspeito que pilotava desviou motocicleta de uma pessoa que encontrava-se caminhando na calçada e perdeu o equilíbrio, indo ao chão com o veículo, momento em que o Garoupa se levantou rapidamente e saiu em desabalada carreira em direção uma rua escura.


 Um dos Policiais prosseguiu  atrás do suspeito, que evadiu-se e aproveitando-se da escuridão, em uma área completamente sem iluminação efetuou um disparo contra o policial que lhe seguia,  que teve de se abrigar para não ser atingido, momento em que o suspeito continuou sua fuga e não mais foi visto.
Reprodução WEB

 Já piloto da motocicleta, que caiu ao chão com algumas escoriações, resistiu a abordagem sendo necessário o emprego de gás de pimenta e algema para conte-lo e evitar assim qualquer outro tipo de reação do mesmo.


 Durante a revista foi encontrado com o mesmo 9 trouxinhas de substância análoga à maconha, 1 de substância análoga a pasta base de cocaína e em uma carteira que estava com o mesmo também foram apreendidos R$ 50,00 ( cinquenta Reais).


 Durante a entrevista o mesmo revelou aos policiais que o garupa que estava em sua motocicleta se tratava do menor E. V. , de 17 anos,  que já é bem conhecido no mundo o policial por vários atos infracionais.

 O mesmo foi encaminhado ao Pronto Atendimento, onde recebeu atendimento do médico de plantão e após ser medicado foi conduzido para a DP, o receituário foi entregue a sua genitora.
 Diante do flagrante o suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Araputanga juntamente com o veículo, o entorpecente apreendido, e R$ 50,00  que estava em uma carteira também apreendida e encaminhada junto com o mesmo.

Postar um comentário:

0 comments:

Postagens mais visitadas

Arquivo do blog